RS estuda ajuda a produtor

Agronegócio

RS estuda ajuda a produtor

Objetivo é estudar medidas para conter os efeitos da estiagem
Por:
1131 acessos

O governo estadual do Rio Grande do Sul realiza nesta quarta-feira (5) reunião para estudar medidas para conter os efeitos da estiagem na região Sul do Estado e para ajudar os agricultores familiares. Segundo informações da assessoria do secretário do Desenvolvimento Rural e Cooperativismo, Ivar Pavan, que esteve reunido nesta terça-feira (4) com o governador Tarso Genro, as ações imediatas serão definidas em encontro liderado pelo vice-governador Beto Grill com ele, o secretário da Agricultura, Luiz Fernando Mainardi, e representantes de outras pastas envolvidas com o tema. 

Nesta quarta-feira, o assunto será alvo de encontro também entre a Fetag e a Famurs. "Queremos que o governo Federal coloque em funcionamento do Fundo de Defesa Civil, e o Estado, o Funcap, para os municípios que precisam levar água para as comunidades e as lavouras", afirma o presidente da Famurs, Vilmar Perin Zanchin. A Fetag também terá reuniões com Mainardi e Pavan.

Em âmbito federal, o ministro do Desenvolvimento Agrário, Afonso Florence, garantiu que, se necessário, a Pasta estudará medidas para apoiar o setor primário gaúcho afetado pela seca. Seriam mecanismos além dos tradicionais seguros do Pronaf e da Política de Garantia de Preços da Agricultura Familiar (PGPAF).

Até agora, os agricultores mais atingidos pela estiagem estão localizados na região que abrange os municípios de Bagé, Hulha Negra, Aceguá, Candiota, Pedras Altas, Pinheiro Machado e Herval. Os prejuízos são verificados, principalmente, na produção de soja, milho e no gado de corte e leite. Segundo o técnico da Emater, Alencar Rugeri, na metade Sul do Estado, os animais estão emagrecendo e já apresentam queda na produção de leite. Contudo, salientou que ao afetar os 180 mil ha da região, a falta de água não compromete todas as lavoura gaúchas, que se desenvolvem bem na metade Norte. Segundo o meteorologista da MetSul, Alexandre Aguiar, nos próximos dias se houver chuva na região da Campanha será localizada e sem potencial de reverter o quadro.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink