Rússia deve adotar cotas de importação em 2003
CI
Agronegócio

Rússia deve adotar cotas de importação em 2003

Por:

A Rússia poderá adotar cotas de importação de carne bovina, suína e de aves no próximo ano para proteger seus produtores e também como retaliação contra os limites que a União Européia decidiu fixar sobre os embarques de trigo do país, disse o ministro da Agricultura Alexei Gordeyev.

O governo vai decidir se estabelecerá as cotas sobre as importações de carne. A Rússia tenta aumentar as vendas de trigo de baixa e média qualidade para a UE a partir das 600 mil toneladas anuais propostas. O ministério pressiona para limitar as importações russas de aves a 1 milhão de toneladas ao ano, segundo Gordeyev. "Toda restrição comercial contra nós constituirá uma boa razão para retaliação", diz. "As importações de vários tipos de carnes triplicaram em relação à produção nacional. Os preços caíram consideravelmente."

Este ano, a Rússia proibiu as importações de aves norte-americanas, alegando possíveis riscos para a saúde, depois que os EUA introduziram tarifas sobre as importações de aço da Rússia. Cerca de dois terços do mercado de aves da Rússia, de US$ 1 bilhão ao ano, são constituídos por importações, na maior parte de companhias americanas.

A proibição ajudou os produtores de aves da Rússia a aumentar a produção em 13% nos primeiros oito meses de 2002, informou o ministério em setembro. "Muito embora a decisão a respeito das cotas seja bem-vinda pela maioria dos ministérios, há uma pressão política contra ela porque a Rússia tenta ingressar na Organização Mundial do Comércio (OMC)", diz Gordeyev.

Ele não quis especificar o tamanho das cotas para as importações de carne bovina e suína que o ministério está buscando. A Rússia exportou 9,5 milhões de trigo desde 1º de julho, e prevê o embarque de 4,5 milhões de toneladas no primeiro semestre de 2003. Também pretende exportar 1 milhão de toneladas de trigo para o Egito no próximo ano.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.