Safra 2008/09 no PR tem feijão na liderança
CI
Agronegócio

Safra 2008/09 no PR tem feijão na liderança

A cultura terá um aumento de 19,1% na área de cultivo e 41,7% na produção, 608,82 mil toneladas na próxima safra
Por:
A maior expectativa para a safra de verão 2008/2009 no Paraná é o feijão das águas. A cultura terá um aumento de 19,1% na área de cultivo e 41,7% na produção, passando de 429,77 mil toneladas em 2007/08 para 608,82 mil toneladas na próxima safra. O grão, com previsão de colheita entre novembro e dezembro deste ano, terá produção recorde, recuperando áreas perdidas na safra anterior em função do atraso no plantio provocado pela seca.


A projeção da safra de grãos anunciada ontem aponta estabilidade na área plantada e na produtividade. A produção de grãos poderá alcançar 22,69 milhões de toneladas, um aumento de 2,7% em relação à última safra. A área plantada deverá alcançar 5,68 milhões de hectares.

Contrariando tendências, o milho terá uma queda de 5,2% de produção, sendo previstas 9,222 milhões toneladas na primeira safra. A área de plantio também terá uma redução, passando de 1,376 milhão ha para 1,303 milhão ha. A queda na produção de milho será compensada pelo aumento de 1,4% da área de soja. Os quase 65 mil ha a mais para a safra de verão devem representar um crescimento de 7,9% na produção.


A cana-de-açúcar também invade espaço do milho. O plantio da cultura cresce 3,7% e a produção esperada deverá atingir 59,78 milhões de toneladas, volume 7,6% maior em relação à atual safra quando estão sendo colhidas 55,57 milhões de toneladas.

Para o secretário estadual de Agricultura e Abastecimento, Valter Bianchini, o bom resultado do Paraná, maior produtor nacional de grãos, decorre do aumento das pesquisas, assistência técnica aos agricultores, um forte plano de manejo do solo e a formação de cooperativas agrícolas. De acordo com o superintendente regional do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatísticas (IBGE), Sinval Dias, o desempenho do Estado tem sido bom, cerca de 20% acima da média nacional.

O trigo, já em fase de colheita, teve um crescimento expressivo na última safra. O Paraná é o principal estado produtor do País, que já tem metade do consumo produzido internamente. A safra está confirmada em 2,9 milhões de toneladas, que corresponde a um aumento de 49,2% em relação à safra anterior. De acordo com Lafaete Jacomel, superintendente da Companhia Nacional de Abastecimento (Conab) o governo federal atendeu as reinvindicações do setor produtivo. Na semana passada, a Conab divulgou recursos para apoiar a comercialização do grão.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.