Safra agrícola deve provocar queda no reajuste do aluguel

Agronegócio

Safra agrícola deve provocar queda no reajuste do aluguel

Estimativa foi apresentada pelo economista Salomão Quadros
Por:
532 acessos
A partir do segundo semestre deste ano, o Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), utilizado para a correção dos aluguéis e calculado pelo Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getulio Vargas (FGV), deve começar a perder força de forma mais dinâmica do que nesses primeiros quatro meses do ano. Em abril a taxa passou de 0,45% para 0,62% e, nos últimos 12 meses, acumula alta de 10,60%.


A estimativa foi apresentada nesta quinta-feira (28) pelo coordenador do índice, o economista Salomão Quadros. “A oferta tanto da safra em curso quanto as intenções de plantio vai deixar os estoques mundiais em situação um pouco menos crítica, mesmo com a demanda em alta”. Apesar disso, o economista defende que a “era da comida barata” não deve mais se repetir, mas apenas manter-se em patamares estáveis.


Quadros disse que, no segundo semestre do ano passado, as commodities é que provocavam a pressão sobre os preços e, agora, o impacto passou a vir dos serviços. Em abril, por exemplo, um dos componentes do IGP-M, o Índice Nacional de Custo da Construção (INCC) foi pressionado pelo avanço da mão de obra por conta dos reajustes salariais na Bahia e no Rio de Janeiro. Em maio, o mesmo deverá ocorrer com as negociações salariais previstas para os trabalhadores de São Paulo.


Outro fator que tem impedido um decréscimo mais expressivo do IGP-M, segundo Quadros, é a pressão sobre os combustíveis com alta média no acumulado de 12 meses em 5,79%. Essa elevação foi puxada pela cotação do álcool anidro, que é misturado à gasolina que subiu 13,45%.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink