Safra de café 2007/08 deve alcançar 32,6 milhões de sacas

Agronegócio

Safra de café 2007/08 deve alcançar 32,6 milhões de sacas

Os números constam do terceiro levantamento da produção de café 2007/08
Por:
133 acessos

A safra de café 2007/08 deve alcançar 32,6 milhões de sacas de 60 quilos, segundo a Companhia Nacional de Abastecimento (Conab). O anúncio foi feito nessa sexta-feira (24-08) à tarde pelo secretário de Produção e Agroenergia do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa), Manoel Vicente Fernandes Bertone, e o presidente da estatal, Wagner Rossi. Desse volume, 22,5 milhões de sacas (69%) são da variedade arábica e 10,1 milhões de sacas (31%) do tipo robusta/conilon.

Os números constam do terceiro levantamento da produção de café 2007/08 realizado pela Conab. A estimativa de 32,6 milhões de sacas é 1,7% superior à pesquisa de abril deste ano e 23,3% menor que a safra passada, de 42,5 milhões de sacas. A diferença, segundo técnicos da estatal, deve-se à bianualidade negativa da cultura (uma safra maior num ano e menor no outro), à estiagem ocorrida no período de floração e ao excesso de chuvas entre dezembro e janeiro, que provocou o aparecimento de praças e doenças nos cafezais.

Área - Ainda de acordo com o levantamento da Conab, Minas Gerais segue como maior produtor de café. A safra do estado deve ser de 14,8 milhões de sacas, o equivalente a 45,3% do total do país. Minas também é responsável pela maior parte da produção de café arábica. Em segundo lugar aparece o Espírito Santo, com 9,5 milhões de sacas, correspondendo a 29,2% da safra brasileira. O território capixaba é o maior plantador do tipo robusta.

A área cultivada é estimada pela Conab em 2,2 milhões de hectares. Do total, 91,6% (2,1 milhões de hectares) estão em plena produção e 8,4% (0,20 milhões de hectares) ainda encontram-se em formação. A colheita será encerrada em setembro em Minas Gerais, São Paulo e Bahia. No Espírito Santo, ela se prolongará até outubro. Nos demais estados, já está concluída.

Entre maio de 2006 e abril de 2007, segundo a Associação Brasileira da Indústria de Café (Abic), houve um consumo interno de 16,9 milhões de sacas de 60 quilos, volume 5,81% superior ao consumido no período anterior (maio/05 a abril/06). O Brasil é o segundo mercado consumidor de cafés, atrás apenas dos Estados Unidos, que absorve cerca de 20 milhões de sacas/ano.

O consumo per capita no país é estimado em 5,52 quilos por habitante/ano. Entre os fatores que contribuíram para o aumento, conforme a Abic, estão a melhoria da qualidade do produto – desde a porteira até a gôndola do supermercado – e os programas de promoção comercial e marketing desenvolvido pelo Comitê de Promoção Comercial e Marketing de Café, com apoio do Departamento de Café (Dcaf/Mapa).


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink