Safra de cana-de-açúcar cresce 9% na região Centro-Sul

Agronegócio

Safra de cana-de-açúcar cresce 9% na região Centro-Sul

Por:
1 acessos

As usinas da região Centro-Sul do País processaram 327,4 milhões de toneladas de cana-de-açúcar na safra 2004/2005, de acordo com dados apresentados, nesta terça-feira (11-01), em reunião do conselho da União da Agroindústria Canavieira de São Paulo (Unica). De acordo com fontes que estiveram no encontro, os dados ainda não incluem duas ou três usinas que ainda moíam cana até o fechamento do balanço, a ser divulgado hoje (12-01).

Com o número apresentado ontem, a safra 2004/05 de cana-de-açúcar é pelo menos 9,45% maior do que o total de 299,12 milhões de toneladas processadas na safra passada, mas um pouco menor do que a previsão da entidade de moer 330 milhões de toneladas.

As primeiras previsões para a safra 2005/2006 apontam que o processamento deve crescer cerca de 10% e atingir 360 milhões de toneladas. Com o setor animado pela alta demanda interna e externa por álcool, a produção do combustível deve saltar quase 15% e chegar a 15,5 bilhões de litros. Já a oferta de açúcar será mais restrita e deverá crescer menos de 5%, o que significa um aumento de 1 milhão de toneladas e uma produção total em torno de 23,6 milhões de toneladas.

Segundo fontes que participaram da reunião da Unica, o setor sucroalcooleiro deve evitar falar abertamente sobre a alta na produção de álcool em 2005/2006 para evitar notícias baixistas para o mercado, como ocorreu no início de 2004, quando os preços do combustível atingiram preços entre os mais baixos da história.

Membros do setor avaliam que, mesmo com o aumento na produção de álcool, a oferta do combustível deverá seguir restrita no País em razão da demanda. Em dezembro, por exemplo, o consumo no Centro-Sul, entre exportações e vendas internas, ficou próximo a 1,18 bilhão de litros, número que não era registrado desde meados de 2002.

A Unica informou aos seus conselheiros que enviará, em parceria com a trading Coimex, uma comitiva ao Japão para uma visita técnica no intuito de se firmarem contratos para a venda de álcool combustível àquele país.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink