Safra de cana é menor mas produção de açúcar deve crescer

Cana-de-açucar

Safra de cana é menor mas produção de açúcar deve crescer

Em São Paulo, principal produtor do país, houve redução de 181 mil hectares
Por: -Eliza Maliszewski
298 acessos

A Companhia Nacional do Abastecimento (Conab) prevê que o Brasil deve ter uma safra de cana-de-açúcar menor nesta safra em comparação com a anterior. A área total deve ter redução de 2,4% nos 8,38 milhões de hectares. Em São Paulo, principal produtor do país, houve redução de 181.500 hectares.

No Centro-Sul a produção prevista é de 566 milhões de toneladas de cana, ante 572 milhões de toneladas em 2018/19. A área plantada caiu novamente na região e no país em geral, com muitos produtores trocando a cana por outras culturas, como soja.

Na contramão dos dados a produção de açúcar deverá subir para 31,43 milhões de toneladas no Centro-Sul, ante 26,5 milhões de toneladas na safra anterior. A Conab afirmou que espera uma maior alocação de cana para a produção de açúcar — de 35 %  na temporada passada para 39 % na nova safra.

Já em relação ao etanol  a produção do Centro-Sul está prevista em 29,6 bilhões de litros, ante 30,99 bilhões de litros em 2018/19. A produção de etanol de milho deve subir para 1,4 bilhão de litros, de 791 milhões de litros na safra passada.
 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink