Safra de soja na região de Maringá deve diminuir 20%
CI
Agronegócio

Safra de soja na região de Maringá deve diminuir 20%

Quebra pode ampliar-se caso não chova nas próximas duas semanas
Por:
Marcada por estiagem e chuvas mal distribuídas, a safra de soja 2011-2012 apresenta quebra de produtividade na região da Cocamar. Ela abrange 54 municípios das regiões norte e noroeste do Paraná.
 
O levantamento que avaliou a situação das lavouras na última semana, divulgado na tarde de segunda-feira (16) pela cooperativa, aponta para uma previsão de 2.670 quilos por hectare (44,5 sacas), 4,5% abaixo da média histórica dos últimos sete anos, de 2.790 quilos/hectare (46,5 sacas).

A redução, no entanto, chega a aproximadamente 20% se comparada com os 3.310 quilos/hectare (55 sacas) obtidos na temporada 2010-2011 – a maior de todos os tempos. A pesquisa foi realizada entre os 10.800 agricultores cooperados da empresa.

PERÍODO CRÍTICO - O coordenador de culturas anuais da Cocamar, engenheiro agrônomo Paulo André Machinski, observa que a quebra pode ampliar-se caso não chova nas próximas duas semanas. No momento, 95% das lavouras estão em fase de florescimento e granação, período considerado crítico, em que não pode faltar umidade. Machinski chama atenção para os contrastes do atual ciclo, característica do fenômeno La niña, com a ocorrência de chuvas intensas em determinadas regiões e escassez em outras. "Estamos vendo de tudo nesta safra e as diferenças são visíveis, até mesmo, de uma propriedade para outra", afirma.

CONTRASTES - Na última semana, lembra o agrônomo, houve municípios onde as chuvas chegaram a mais de 100 milímetros (mm), praticamente zerando o déficit hídrico, mas em outros elas não passaram de 20 mm. Na região da Cocamar, um dos municípios mais prejudicados é Iporã, a 50 quilômetros de Umuarama. Algumas propriedades registraram perdas por granizo, dos 2 mil hectares de lavouras afetadas por granizo em toda a região da cooperativa, pelo menos 700 estão em São Jorge do Ivaí.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.