Safra recorde russa pode desencadear revisão da taxa de exportação, diz analista

Agronegócio

Safra recorde russa pode desencadear revisão da taxa de exportação, diz analista

Rússia pode ter que rever sua taxa de exportação de trigo
Por:
1168 acessos

A Rússia pode ter que rever sua taxa de exportação de trigo e reduzir preços para seu programa estatal de compras, dada uma colheita recorde, disse a consultoria de agricultura SovEcon nesta sexta-feira. A Rússia, grande exportadora global de trigo, obteve uma safra recorde em 2015/16, encerrada em 30 de junho, e terá mais para exportar em 2016/17, quando é esperada a maior colheita na história pós-soviética.

"A Rússia precisa acelerar a exportação de grãos", disse a SovEcon, importante consultoria agrícola de Moscou, em relatório. De acordo com dados aduaneiros, a Rússia exportou 34,4 milhões de toneladas de grãos em 2015/16. Incluindo os abastecimentos à Armênia, Belarus, Cazaquistão e Quirguistão, as exportações russas totalizaram 35 milhões de toneladas, incluindo 25 milhões de toneladas de trigo, disse a SovEcon. Suas estimativas incluem farinha.

A consultoria estima o excedente exportável de grãos da Rússia para 2016/17 em 37 milhões de toneladas, com uma colheita recorde de grãos de 109 milhões de toneladas, incluíndo 66 milhões de toneladas de trigo. "O governo pode ter que cancelar a taxa de exportação de trigo e reduzir os preços para intervenções estatais cumprirem esse excedente exportável," acrescentou.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink