Sai a classificação final da seleção para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR

Agronegócio

Sai a classificação final da seleção para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR

O candidato aprovado para o Curso já pode procurar a secretaria para efetivar a matrícula.
Por:
503 acessos

O candidato aprovado na seleção para o Curso Técnico em Agronegócio da Rede  e-Tec Brasil no SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) já pode procurar a secretaria do polo em que se inscreveu para efetivar sua matrícula. O período de matrículas foi aberto nesta quinta-feira, com a divulgação do gabarito e da classificação final, e vai até a terça-feira, 09/08. As aulas começam em seguida, na quarta-feira, 10/08. A relação dos aprovados  pode ser conferida no portal http://www.senar.org.br/etec/.

Para  a matrícula, o novo aluno  deve se apresentar à secretaria do polo de apoio presencial onde vai estudar, munido de toda a documentação exigida,  originais ou fotocópias autenticadas em cartório. Os documentos necessários são: certificado de conclusão do Ensino Médio; histórico escolar do Ensino Médio; cédula de identidade; cpf; certidão de nascimento ou casamento (se houver alteração no nome); título de eleitor e comprovantes de votação da última eleição, para quem tem mais de 18 anos; uma foto 3x4 recente; comprovante de endereço e, nos casos de desempate na classificação, os documentos necessários, previstos no edital da seleção.

Este é o quarto processo seletivo para o Curso Técnico em Agronegócio do SENAR e, em termos da relação candidato/vaga o mais disputado. Foram 8.530 inscritos concorrendo as 1.500 vagas oferecidas em 40 dos 74 polos da rede espalhados por 22 estados do país. Realizado pelo SENAR em parceria com o Ministério da Educação (MEC), o curso, semipresencial e gratuito, garante o certificado formal de nível técnico e oferece ao aluno um amplo leque de conhecimentos sobre toda a cadeia do agronegócio, da produção ao comércio.

Conteúdo e qualidade
O currículo do curso, somado à larga experiência do SENAR na educação rural, tem atraído alunos de todas as idades e um grande número já com formação superior e até especialização. Profissionais como Leandro Figueredo que buscam ampliar seus horizontes. Aluno do polo de Barra Mansa (RJ), Leandro acumula os diplomas de técnico em Agropecuária, biólogo e especialista em Gestão Ambiental e atua  há dez anos como coordenador ambiental em uma indústria. Mesmo assim acredita que o curso do SENAR, além de enriquecer sua bagagem, abre as portas para um campo de atuação inesgotável.

“De 2004 para cá, quando conclui meu primeiro curso técnico, o setor agropecuário teve um boom e eu venho acompanhando seu crescimento no Brasil. Somos um país agrícola e é o setor que move a nossa economia. Então, minha expectativa com esse curso é a melhor possível”.

A qualidade do curso reforça a confiança de Leandro. “É muito bom, maravilhoso. Para que você tenha uma ideia do nível, em minha turma, quase todos os alunos têm curso superior e, como eu, estão entusiasmados. O material didático é o melhor que há, a plataforma AVA muito eficiente, as aulas presenciais e de campo são perfeitas e o corpo docente excelente. Mesmo quem não tem nenhum conhecimento prévio na área consegue absorver os conteúdos”.

Oitenta por cento das aulas são a distância e vinte por cento presenciais, nos polos de apoio da rede. Mas em  um caso ou outro, como garante Leandro, os professores estão sempre prontos para esclarecer dúvidas e orientar o aluno. “São profissionais da área com competência didática, dominam o conhecimento,  sabem transmitir e são atenciosos”.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink