Santa Catarina aprova recursos para seca

Agronegócio

Santa Catarina aprova recursos para seca

A primeira parada do presidente Lula no Sul do país aconteceu ontem pela manhã, em Coronel Freita (SC)
Por:
1 acessos

A primeira parada do presidente Lula no Sul do país aconteceu ontem pela manhã. Ele participou, em Coronel Freitas, no Oeste catarinense, de manifestação de milhares de agricultores que pediam atenção do governo federal para os problemas causados pela estiagem, considerada uma das maiores dos últimos 43 anos naquele Estado.

Como no Rio Grande do Sul, Lula apenas oficializou a liberação de R$ 1,2 bilhão para a agricultura familiar, anunciado na semana passada. "Estou numa região onde pensava que não tinha seca", disse Lula, estimulando em seguida cuidados com o meio ambiente, "para um futuro com mais garantia." Já o governador de Santa Catarina, Luiz Henrique, adiantou, durante o ato, a transferência de R$ 10 milhões do Fundo Social para o Fundo de Desenvolvimento Rural.

O governador adiantou que os recursos deverão ser usados pelos agricultores atingidos pela seca na construção de sistemas que permitam a coleta e armazenamento da água da chuva. Tanto Luiz Henrique quanto o presidente Lula defenderam a necessidade de adoção de medidas futuras que diminuam os efeitos da falta de chuvas.

Atualmente 146 municípios catarinenses estão em situação de emergência por causa da estiagem. Em Coronel Freitas, os 12 mil moradores estão tendo de se abastecer com água de poços artesianos. Os prejuízos na economia local superam os R$ 10 milhões.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink