Santa Catarina investe em rastreabilidade da produção

Agronegócio

Santa Catarina investe em rastreabilidade da produção

Cooperativas do Estado já iniciaram projeto em busca de adequação
Por:
2 acessos

A partir de agosto, começam a chegar em SC missões européias interessadas na carne suína catarinense.

Os europeus vão exigir que as indústrias tenham a rastreabilidade da produção. Por isso, as 17 cooperativas ligadas à Coopercentral Aurora iniciaram nessa quinta-feira (28-06) um projeto de implantação de rastreabilidade. A primeira etapa foi um seminário realizado em Chapecó, para 450 técnicos.

O diretor de agropecuária da Aurora, Marcos Zordan, disse que no setor de aves já existe rastreabilidade, pois é a própria empresa que fornece a alimentação e os animais para o produtor criar.

Na suinocultura, há produtores com plantéis próprios e que fornecem parte da alimentação da propriedade. "É um trabalho complexo que necessita da conscientização do produtor".


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso j�� possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink