São Domingos das Dores/MG sedia Workshop de Cafeicultura de Montanha
CI
Agronegócio

São Domingos das Dores/MG sedia Workshop de Cafeicultura de Montanha

A expectativa dos organizadores é que o workshop tenha a participação de 250 produtores da região
Por:
A expectativa dos organizadores é que o workshop tenha a participação de 250 produtores da região

Nesta sexta-feira (26) acontece o 2º Workshop de Cafeicultura de Montanha, no município de São Domingos das Dores, região Leste de Minas. A iniciativa tem como objetivo promover a integração do cafeicultor com os demais seguimentos da cadeia produtiva do café. Durante o evento, também haverá o encerramento do 2º Concurso de Qualidade do Café das Matas de Minas.


A expectativa dos organizadores é que o workshop tenha a participação de 250 produtores da região. A iniciativa é da Emater-MG, prefeitura e demais paarceiros. No evento serão ministradas palestras sobre diversos temas, como a “Perspectiva de mercado do café e sua comercialização” e “Secagem e armazenagem do café”. A iniciativa ainda possibilitará a troca de experiências e a realização de negócios.

“O workshop vem promover a cafeicultura da nossa região e sensibilizar o produtor quanto ao manejo sustentável da propriedade rural”, diz o extensionista da Emater-MG e coordenador do evento, Antônio Mantovani. O workshop é realizado de forma itinerante entre os municípios que compõe o polo cafeeiro da unidade regional da Emater-MG de Ipatinga.


Durante o evento também acontece a cerimônia de premiação do 2º Concurso de Qualidade do Café das Matas de Minas. No total foram inscritas 150 amostras. O concurso é dividido em duas categorias: cereja natural e cereja descascado. Os cafés passaram por duas etapas de análise. Na primeira, as amostras foram codificadas e submetidas às provas de umidade e peneira. Na segunda fase, as amostras classificadas passaram pela prova de xícara. O concurso irá premiar os dez melhores cafés da categoria cereja natural e os três melhores da categoria cereja descascado.

A disputa é promovida pela Emater-MG e tem como objetivo identificar, promover e premiar os agricultores pela obtenção de cafés de qualidade. A iniciativa também busca estimular a conquista de mercados e a agregação de valor ao produto. “A edição de 2012 vem nos mostrar que, mesmo em ano de baixa produtividade e de uma variação climática intensa, tivemos bons cafés na mesa. Isso mostra que os produtores estão cada vez mais atentos com a qualidade do café produzido”, diz o extensionista Antônio Mantovani.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink