SC quer ampliar produção de milho
CI
Imagem: Eliza Maliszewski
INCENTIVO

SC quer ampliar produção de milho

Toda cadeia produtiva de carnes e leite catarinense depende do fornecimento do grão
Por: -Eliza Maliszewski

Santa Catarina tem uma cadeia produtiva de aves, suínos e leite consolidada e dependente de milho. O Estado terá uma queda de quase 20% na primeira safra do grão, em função do clima  e queda de produtividade de 8.2kg/ha para 6.5 kg/ha.

Por isso a ideia do governo local é estimular o plantio de milho. O assunto foi tema do encontro do secretário de estado da agricultura, da pesca e do desenvolvimento rural, Altair Silva, técnicos e lideranças da Cooperativa Agroindustrial Cooperja, em Jacinto Machado.

“O milho é um dos motores de nossa economia. Se houver espaço para avançar na produção de milho na região Sul, a Secretaria da Agricultura tem muito interesse em construir uma ação em conjunto com os produtores”, ressaltou o secretário.

Mais da metade da produção de milho da região Sul ocorre pelo incentivo do Programa Terra Boa. Em 2020, foram mais de 15 mil sacas de sementes adquiridas com o suporte do Estado. 

Para crescer mais o desafio está em ocupar as terras que ficam vazias no inverno e aproveitar a expertise na produção de arroz, com o manejo e irrigação, para aumentar a produtividade de milho na região e retirar a dependência de importação do grão. Outra alternativa é aproveitar a área de arroz na entressafra, durante o inverno, para produção de espécies forrageiras da estação, que podem ser utilizadas como alternativa na alimentação animal.  

A Epagri já iniciou os experimentos no Sul de Santa Catarina para analisar a viabilidade da produção na região.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink