SDR e Emater/RS-Ascar discutem ações para melhorar execução de programas

Agronegócio

SDR e Emater/RS-Ascar discutem ações para melhorar execução de programas

Diretores de departamentos da SDR apresentaram o status de seus programas e identificaram as dificuldades
Por:
897 acessos

Diretores de departamentos da SDR apresentaram o status de seus programas e identificaram as dificuldades

O nivelamento na execução de programas motivou a realização de um seminário entre equipes técnicas da Secretaria do Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo (SDR) e da conveniada Emater/RS-Ascar. Diretores, coordenadores de programas e técnicos se reuniram nesta terça-feira (25/10), no auditório da Emater/RS-Ascar, em Porto Alegre, para nivelar conhecimentos sobre os programas da SDR e discutir formas de tornar mais ágeis os procedimentos. "O fortalecimento da cooperação entre SDR e Emater vai melhorar a execução das políticas públicas destinadas ao cooperativismo e à agricultura familiar", destacou o secretário em exercício da SDR, Iberê de Mesquita Orsi.

Na primeira parte do seminário, diretores de departamentos da SDR apresentaram o status de seus programas e identificaram as dificuldades. O diretor-geral da SDR, Gerson Cutruneo, demonstrou um resumo dos desembolsos de diferentes ações e reforçou a necessidade de sinergia entre o trabalho burocrático e o atendimento ao agricultor. O diretor de Cooperativismo, Lino Hamann, fez um balanço do Programa de Apoio ao Desenvolvimento do Cooperativismo Gaúcho e propôs a discussão de estratégias para superar as dificuldades.

Responsável pelo Departamento de Infraestrutura, Ubirajara Simon apresentou dados sobre as atividades mais demandadas no interior do Estado, como perfuração de poços artesianos e tubulares e obras de manutenção de estradas rurais, além de construção de viveiros de piscicultura. Do Departamento de Desenvolvimento Agrário, o diretor, Ricardo Núncio, e técnicos detalharam aspectos de programas de piscicultura e aquicultura, ações para comunidades indígenas e quilombolas e ações no setor de regularização fundiária.

O diretor de Agricultura Familiar e Agroindústria, Dionatan Tavares, mostrou dados do Programa Estadual de Agroindústria Familiar (Peaf), que deve fechar 2017 com mil empreendimentos legalizados nos aspectos sanitário, ambiental e fiscal. Também enfatizou o trabalho realizado nos programas Troca-Troca de Sementes, Gestão Sustentável da Agricultura Familiar e aspectos do Fundo Estadual de Apoio ao Desenvolvimento dos Pequenos Estabelecimentos Rurais (Feaper).

Na segunda parte do seminário, a equipe da Emater/RS-Ascar apresentou suas impressões sobre as dificuldades apontadas. "O mais importante é unirmos forças, pois temos o mesmo objetivo: melhorar a vida do agricultor familiar", frisou o diretor técnico da Emater/RS, Lino Moura.

Também participaram das atividades a diretora Administrativa da SDR, Aline Cristiane Pooter; o assessor especial Osmar Redin; o presidente da Emater/RS, Clair Kuhn; e a diretora administrativa da Emater/RS, Silvana Dalmás; entre outros.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink