Seagri promove ações para fortalecer a agricultura familiar

Agronegócio

Seagri promove ações para fortalecer a agricultura familiar

Por:
194 acessos

Um encontro entre a equipe técnica da Secretaria de Estado da Agricultura e do Desenvolvimento Agrário (Seagri), o secretário Jorge Dantas e a Prefeitura Municipal de Mata Grande vai apresentar aos agricultores, nesta quinta-feira (16), os principais programas voltados para a agricultura familiar no município. Na reunião, prevista para começar às 9h na sede da prefeitura da cidade e com sequência no Mercado Público, será feito um balanço das principais ações da Seagri pelo fortalecimento da agricultura familiar no local e quais programas estão em execução.

De acordo com o secretário adjunto da Seagri, José Marinho Júnior, o encontro também visa estabelecer parceria com o município. “Essa já é uma conseqüência do que foi concebido pelo Fórum Alagoano de Secretários de Agricultura, realizado nos dias 6 e 7 de julho, que preconiza a ação conjunta entre Estado e municípios”, cita o secretário adjunto. São esperados para o encontro cerca de 100 agricultores e representantes de associações e sindicatos rurais. Confira, a seguir, os principais programas voltados para a agricultura familiar no município.

Tanques de Resfriamento — O município de Mata Grande será um dos beneficiados pelo Programa de Incentivo à Produção e ao Consumo de Leite, uma parceria da Seagri com o Ministério do Desenvolvimento Social e Combate à Fome (MDS). Pelo programa, serão construídos três tanques de resfriamento e armazenamento de leite no município, beneficiando cerca de 200 famílias de pequenos produtores. Juntos, esses tanques poderão armazenar até 6 mil litros de leite por dia. Eles serão construídos nas seguintes comunidades: Santa Cruz do Deserto, São José e Jaburu.

“A associação ficará responsável pela administração do tanque e, para isso, iremos capacitar os produtores em associativismo e cooperativismo”, informa a superintendente de Pesquisa, Assistência Técnica e Extensão Rural, Rita de Cássia. Segundo ela, o valor destinado para a construção desses três tanques de resfriamento é de R$ 150 mil. “Ao todo, o programa prevê a construção de 17 tanques como esses em 14 comunidades em todo o Estado”, lembra a superintendente.

Para o secretário de Agricultura e Meio Ambiente de Mata Grande, José Iran Rocha, a construção dos tanques e a formação da associação vai abrir as portas do mercado consumidor para o leite produzido no município. “É por meio da associação que nós poderemos nos cadastrar no Programa do Leite e, assim, ter a compra garantida e o preço justo”, argumenta o secretário, segundo o qual os animais criados lá têm boa qualidade genética com alta produtividade de leite.

Aquisição de Alimentos — O município de Mata Grande já é um dos beneficiados pelo Programa de Aquisição de Alimentos na Modalidade Especial Leite. Todos os dias, 506 famílias do município recebem um litro de leite. “Isso é importante para ajudar a garantir segurança alimentar e o combate à desnutrição infantil”, destaca a superintendente Rita de Cássia.

Em todo o Estado, o programa beneficia diariamente 53 mil famílias que tenham pelo menos uma criança com idade entre seis meses e seis anos ou um idoso com mais de 60 anos, seja ele aposentado ou não.

Cisternas — Para ajudar os agricultores a armazenar água para o consumo nos longos períodos de estiagem na região sertaneja, onde fica Mata Grande, o município será beneficiado com a construção de 90 cisternas. A ação faz parte do Programa de Infraestrutura Hídrica, por meio de uma parceria entre a Seagri e o MDS. Segundo a superintendente Rita de Cássia, a construção será realizada pela Cooperativa dos Bancos Comunitários de Sementes (Coopabacs).

Sementes — Os pequenos agricultores de Mata Grande também foram beneficiados com a distribuição de sementes. Eles receberam sementes de feijão (3.760 quilos), milho (3.760 quilos), algodão (500 quilos) e sorgo (100 quilos). Cada família recebeu até 10 quilos de sementes. De acordo com o secretário de Agricultura e Meio Ambiente do município, as principais culturas agrícolas do local são, além do feijão, do milho e do algodão, a mandioca, hortaliças e a cana-de-açúcar.

Crédito Fundiário — Já estão assentadas 23 famílias do município que aderiram ao Programa de Crédito Fundiário. Elas adquiriram a Fazenda Arapuã. Para a compra da terra, foi liberado um recurso de R$ 212.819 mil e, para a construção das casas e das instalações, elas obtiveram R$ 201.181 mil.

Reestruturação — Ainda de acordo com Rita de Cássia, o escritório da Seagri em Mata Grande, cuja equipe técnica conta um veículo, deverá receber duas motos e computadores para reestruturação do serviço de assistência técnica.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink