Seagro e parceiros montam plano de ação de combate à morte de equídeos

Agronegócio

Seagro e parceiros montam plano de ação de combate à morte de equídeos

No Tocantins, até o momento, foram registradas mortes em sete propriedades da região Norte
Por:
157 acessos

A Seagro - Secretaria da Agricultura, Pecuária e Abastecimento do Tocantins e parceiros se reúniram nessa segunda-feira, para debater e montar o plano de ação de combate às mortes de equídeos no Estado. A reunião com representantes da UFT – Universidade Federal do Tocantins e pesquisadores dos estados do Pará e Rio de Janeiro aconteceu no auditório da Seagro, em Palmas.

No Tocantins, até o momento, foram registradas mortes em sete propriedades da região Norte. Há informações de que produtores do Pará tenham perdido 100% da criação de cavalos. Apesar de as causas da morte não serem conhecidas, estudos recentes realizados pela Embrapa - Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária revelam que o problema pode estar associado ao capim da espécie Panicum.

Segundo informações da diretora de Produção Animal/Seagro, Érika Jardim, essa é uma doença que acontece apenas no período chuvoso. “Como estamos no período seco, estamos nos preparando para combater a doença”, enfatizou a diretora.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink