Seara de Sidrolândia (MS) vai aumentar abate de aves

Agronegócio

Seara de Sidrolândia (MS) vai aumentar abate de aves

A empresa está investindo R$ 4 milhões para ampliação em 26% da capacidade de abate de aves em sua unidade de MS
Por:
180 acessos

A Seara Alimentos está investindo R$ 4 milhões para ampliação em 26% da capacidade de abate de aves em sua unidade de Sidrolândia (MS). Atualmente a indústria emprega 2,2 mil funcionários e abate 145 mil frangos/dia. Com a injeção de recursos, a produção semanal da indústria que é de 870 mil/aves, passará para 1,1 milhão. O volume de empregos também será ampliado em pelo menos mais 500 vagas.

De acordo com o gerente da unidade de Sidrolândia, Ivonei Durigon, o impacto positivo abrangerá toda a cadeia, particularmente no crescimento paralelo dos produtores integrados, que ampliarão suas granjas, no volume de rações e no seu transporte. Hoje, a Seara tem 174 integrados, e o total deverá subir para 229 até o próximo ano. A expansão começa neste mês e a previsão é que as obras estejam concluídas e os novos equipamentos instalados até maio do próximo ano.

O gerente explica que o valor total dos investimentos da Seara na fábrica será superior a R$ 4 milhões que serão destinados exclusivamente para adequações dos processos industriais e implementação do terceiro turno garantindo, assim, a continuidade ao atendimento à legislação brasileira e dos importadores. O investimento será acompanhado de mais R$ 48 milhões, direcionados aos produtores e financiados pelo Fundo de Desenvolvimento do Centro-Oeste (FCO).

Com isso, será possível o aumento de mais 43 novos núcleos de produção de frango de corte, com dois galpões em cada um, e doze núcleos de recria e matrizes. Será ampliada, também, a estrutura de produção de rações, para atender a nova demanda de consumo das granjas. "Trata-se de uma das atividades que mais postos de trabalho gera para cada real investido", diz Ivonei Durigon, gerente-geral da unidade, comentando a verticalização do setor e sua capacidade de agregar valor ao agronegócio brasileiro. Segundo ele, a notícia já foi dada ao público interno e vista com bons olhos, "pois o investimento permitirá também adequar a unidade para iniciar um terceiro turno, algo solicitado há algum tempo por alguns funcionários daquela fábrica", explica.

Adicionalmente, a unidade contará também com investimentos de R$ 300 mil, o que permitirá aprimorar ainda mais a qualidade e a segurança de seus funcionários. "Essa é uma das áreas que temos dedicado atenção nos últimos anos e, embora os índices que temos alcançado sejam significativos, devemos sempre buscar melhorias", comenta Ivonei, lembrando os investimentos em treinamentos realizados nos últimos três anos, adequando gradualmente a unidade aos rigorosos padrões mundiais da Cargill. Entre essas melhorias, a fábrica passará a contar com uma ambulância exclusiva, disponível 24 horas por dia, liberando a ambulância pública para atendimento da comunidade.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink