Seca no Nordeste afeta a produção de leite

Agronegócio

Seca no Nordeste afeta a produção de leite

A pecuária leiteira nesta parte do país é quase que exclusivamente extensiva, ficando a mercê da qualidade e quantidade suficiente de pastagens
Por:
1383 acessos
A produção de leite no Nordeste está sofrendo com secas severas, principalmente na Bahia, maior produtor de leite na região.

A pecuária leiteira nesta parte do país é quase que exclusivamente extensiva, ficando a mercê da qualidade e quantidade suficiente de pastagens.

Na Bahia, segundo levantamento da Scot Consultoria, o preço médio ao produtor ficou em R$0,824 por litro, R$0,01 a mais que no mês anterior.

Na média dos laticínios pesquisados na região Nordeste, 52% acreditam em estabilidade para o pagamento de maio, enquanto 44% das indústrias falam em alta.

Os aumentos variam de R$0,01 a R$0,05 por litro, conforme a região.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink