Secretaria/PR e ministério vão elaborar plano de irrigação
CI
Agronegócio

Secretaria/PR e ministério vão elaborar plano de irrigação

A proposta será firmada durante o XXII Congresso Nacional de Agricultura Irrigada
Por:
A Secretaria da Agricultura e Abastecimento vai firmar acordo de cooperação com o Ministério da Integração Nacional para a elaboração do plano de irrigação no Paraná. A proposta será firmada durante o XXII Congresso Nacional de Agricultura Irrigada, que ocorrerá de 4 a 9 de novembro em Cascavel, graças a uma parceria entre o Governo do Estado e a Associação Brasileira de Irrigação e Drenagem.

A proposta do acordo foi feita terça-feira (2) durante reunião entre o secretário da Agricultura e do Abastecimento, Norberto Ortigara, e o secretário nacional de Irrigação, do Ministério da Integração Nacional, Guilherme Augusto Orair. Ele participou de encontro com técnicos da Secretaria, do Instituto Emater, do Iapar e do Instituto das Águas.

Orair veio ao Paraná para discutir o Plano Diretor de Agricultura Irrigada (PDAI) e também para contribuir na elaboração da proposta do plano de irrigação no Estado. Segundo ele, o desafio do Ministério da Integração Social é dobrar a área irrigada no País. “É preciso conversar com quem produz e ofertar a tecnologia que falta. No congresso vamos conhecer as potencialidades dos agricultores e a partir daí definir aonde podemos chegar”, destacou Orair.

O secretário Ortigara disse que a água se tornou insumo fundamental no meio rural e os processos de produção não podem ficar à mercê do clima. No início do ano, o Paraná teve perdas expressivas em lavouras de grãos, ao lado do lago de Itaipu. O secretário lembrou que se houvesse uma ação mais articulada e uma política mais consistente de irrigação, essas perdas seriam menores.

Para o diretor-geral da Secretaria da Agricultura, Otamir César Martins, as quebras de safra seguidas, por causa de estiagens, mostram que é hora de encontrar meios para contornar o problema. Segundo ele, o Estado tem mais de 80% das propriedades rurais nas mãos de pequenos agricultores e grande parte das propriedades sofre com falta de chuva. “Estamos trabalhando na construção do plano diretor, uma ação conjunta que envolve técnicos do Sistema Agricultura e do Instituto das Águas e agora com o Ministério da Integração Nacional”.

PLANO NACIONAL – Orair anunciou que até meados do ano que vem será criado um plano diretor nacional, a partir das experiências dos estados, como Paraná, de Minas Gerais, do Rio Grande do Sul. Será uma ferramenta para verificar que regiões precisam de irrigação e as prioridades e dificuldade de cada estado. A construção de barragens, segundo o secretário, é um dos gargalos na maioria dos estados, pelas dificuldades de licenciamento ambiental.

O coordenador do Plano Diretor de Agricultura Irrigada, José Tarciso Fialho, apresentou o Programa de Irrigação Noturna (PIN) e o Fundo de Aval, adotados no Paraná. Esses mecanismos interessaram aos técnicos do governo federal pela possibilidade de ajudar os pequenos produtores a financiar os equipamentos de irrigação. Segundo Orair, essas ferramentas que fomentam os programas paranaenses poderão ser projetadas a nível nacional.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink