Segurança reforçada para a Expointer
CI
Agronegócio

Segurança reforçada para a Expointer

Parque Assis Brasil terá mais câmeras e equipes de vigilância em 2012
Por:
Parque Assis Brasil terá mais câmeras e equipes de vigilância em 2012

A expectativa de aumento no número de visitantes na 35 Expointer, que ocorre de 25 de agosto a 2 de setembro, em Esteio, fará com que a organização do evento intensifique a segurança no Parque Assis Brasil. A proteção, porém, não será somente para quem for visitar, mas também para os animais. Este ano, a previsão é receber 500 mil pessoas nos nove dias da feira, 16,6 mil a mais que em 2011. Por isso, houve acréscimo nas câmeras de monitoramento para proporcionar maior segurança. Ao invés de 35, serão 46 equipamentos fixos. Além disso, haverá quatro câmeras giratórias, que poderão ser movimentadas em 360º, junto ao pavilhão dos animais. Duzentos vigilantes desarmados foram contratados para circular pelos 141 ha da mostra, um reforço de 40 profissionais.


Para garantir o amparo dos quase 8 mil animais que participarão de competições, remates e exposições, e também tranquilidade aos proprietários, já que não é permitida a permanência de trabalhadores e cabanheiros durante a noite nas baias, algumas entidades optaram por investir ainda mais na segurança nos pavilhões. É o caso da Associação Gaúcha de Criadores da Raça Simental, que filmará com dez câmeras próprias, em tempo integral, os 193 bovinos nas baias. "Não lembro de nenhum incidente nos últimos anos, mas é importante ter esse resguardo no estilo reality show. Assim, de qualquer lugar, poderemos zelar pelo bem-estar deles", sintetiza o presidente Eduardo Borges de Assis. Experiência semelhante será realizada novamente pela Associação Brasileira de Criadores de Cavalos Crioulos (ABCCC), que também captará as imagens.


Um efetivo de 250 policiais militares por dia, com apoio de 15 viaturas, 15 motocicletas e 15 militares do policiamento a cavalo também serão remanejados para o parque. Conforme o comandante do 34 Batalhão da Polícia Militar, tenente-coronel Andreis Silvio Dal Lago, também houve aumento de 21 para 30 pedestais nas áreas de maior concentração de pessoas. "A ideia é registrar o menor número de ocorrências, para coibir qualquer ação. Também, no entorno do parque, haverá outros 100 PMs", explicou.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink