Seguro agrícola pode triplicar em 10 anos no Brasil?
CI
Agronegócio

Seguro agrícola pode triplicar em 10 anos no Brasil?

Cultura sobre seguro precisa mudar, diz especialista
Por: -Leonardo Gottems

Há uma forte tendência de crescimento dos seguros agrícolas no Brasil para os próximos anos, afirma Bruno Kelly, corretor da agência Correcta (Rio de Janeiro). A projeção dele é de que o País triplique a área segurada em 10 anos. Atualmente, apenas um percentual entre 8% a 10% da área plantada no país tem seguro de lavoura.


“É um processo natural. Os programas de seguro do país são muito similares aos dos Estados Unidos. A grande diferença é que no Brasil os subsídios do governo só começaram em meados de 2003. Leva um tempo para crescer, mas isso vai acontecer. O país tem um grande vocação para agricultura”, afirmou Kelly em entrevista ao jornalista Luis Vieira, do portal Agriculture.com.


Para o corretor, a cultura brasileira sobre seguro também precisa mudar, para que se atinja esse crescimento. “Os corretores ainda estão muito mais informados sobre seguros de automóveis. Eles precisam se interessar mais pela vida rural para vender seguro agrícola. E os produtores tem que ver isso como uma necessidade, não um custo. É algo que não pode ser cortado”, resumiu Kelly. Atualmente, o governo brasileiro arca com até 75% do custo do seguro – um orçamento total de R$ 700 milhões.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink