Agronegócio

Selo Racial alcança faturamento de R$ 2,3 milhões

Leilão foi marcado por venda recorde de terneira por R$ 106,5 mil
Por:
405 acessos
O leilão Selo Racial, realizado nesta sexta-feira (27) na sede da Cabanha Azul, em Quaraí (RS), fechou com faturamento de R$ 2,34 milhões na venda de lotes das raças Angus, Brangus, Hereford e Braford. A média dos animais, entre machos e fêmeas, ficou em R$ 5,4 mil. O Selo Racial é uma promoção conjunta da Cia. Azul, Corticeira, Olhos D'Água e Rincon Del Sarandy.


Para o diretor da Trajano Silva Remates, Marcelo Silva, que conduziu o leilão, o resultado foi acima do esperado pela organização. "O leilão superou nossas expectativas, principalmente nas fêmeas. Nos machos ficou dentro do esperado. Tivemos o recorde nacional na venda de terneiras e ótimos preços em outras fêmeas", destaca.


O leilão foi marcado pelo recorde da venda da terneira angus pura de origem (PO) de tatuagem 2101, que fez parte do trio grande campeão nacional de rústicos da

Expointer 2013, vendida pela Rincon del Sarandy para a Fazenda Ipê, de Alegrete, por R$ 106,5 mil. 
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink