Seminário apresenta dados de Rentabilidade na Agricultura

Agronegócio

Seminário apresenta dados de Rentabilidade na Agricultura

Informações foram obtidas a partir de 167 propriedades rurais
Por:
1069 acessos

Receba Notícias como esta por email

Cadastre-se e receba nossos conteúdos gratuitamente
Obrigado por se cadastrar
  • Enviamos a você um email de boas vindas para ativação de seu cadastro.
O Seminário Rentabilidade na Agricultura, que ocorre nesta quinta-feira (25) na Associação dos Produtores de Soja e Milho de Mato Grosso (Aprosoja-MT), vai apresentar os resultados do ano agrícola 2013/2014, com ênfase nas culturas de soja e milho. Cenários da próxima safra e sugestões de alternativas para solucionar os problemas fazem parte da programação, destinada a produtores rurais.

O Instituto Mato-grossense de Economia Agropecuária (IMEA) vai apresentar um panorama de mercado que aborda as perspectivas de preços, dólar e câmbio para a safra que está começando.

As informações de rentabilidade foram obtidas com base nos relatórios de 167 propriedades rurais atendidas pelo Projeto Referência, que disponibilizaram os dados no software de gestão. A área total avaliada é de 150 mil hectares de soja. A compilação dos números é feita pelo Instituto de Desenvolvimento da Gestão Empresarial no Agronegócio (Igeagro).

Cada produtor já recebeu, via software, as informações de rentabilidade relacionadas a sua propriedade. Agora, de forma macro, será apresentado o desempenho das quatro regiões produtoras no estado, com rankings das mais e menos lucrativas. “Além de identificarmos o desempenho regional, serão dadas soluções para as situações que resultaram no baixo desempenho de determinada atividade”, destacou Cid Sanches, gerente de planejamento da Aprosoja-MT.

Uma das alternativas que já pode ser antecipada é a união dos produtores por meio do cooperativismo. “Com o cenário apertado, a compra de insumos de forma conjunta é uma excelente medida para melhorar os ganhos”, frisou. Outra alternativa que será discutida durante a programação é a viabilidade da produção de etanol de milho em Mato Grosso.
 
Projeto Referência
O projeto é realizado há sete anos pela Aprosoja-MT e visa capacitar o produtor rural quanto à gestão de propriedades rurais, auxiliando no gerenciamento dos custos de produção e fornecendo ferramentas e consultoria.

Os produtores associados contam com um software que permite a inserção de dados da propriedade rural, a partir dos quais são elaborados relatórios individuais comparativos (benchmarking), onde é possível comparar médias próprias com regionais e de outros participantes. Além disso, os técnicos da Aprosoja também fazem visitas, auxiliando na leitura dos relatórios e identificando possíveis falhas no processo.

Atualmente, o projeto atende 167 propriedades rurais que representam 207 mil  hectares de produção acompanhados nas culturas de soja, milho, milho pipoca, feijão, girassol, algodão, pecuária de corte, milho branco e arroz. Em 2014, já são 500 produtores capacitados e com chave de acesso ao software de gestão. Desse total, apenas 167 associados enviaram dados completos, em tempo hábil, para o relatório de fechamento de ano agrícola.
Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink