Seminário cria documento para preservação das Veredas em MG

Agronegócio

Seminário cria documento para preservação das Veredas em MG

O objetivo é mobilizar produtores rurais quanto a necessidade de saber usar dos recursos naturais
Por:
67 acessos

Os problemas ambientais causados pela degradação, principalmente das Veredas no estado de Minas Gerais estão chamando a atenção de autoridades. Em Montes Claros o II Seminário Veredas: oásis do sertão. Até quando, reuniu dezenas de pessoas que discutiram quais os problemas e as possíveis soluções a serem tomadas quanto a preservação das Veredas.

Os organizadores informaram que o objetivo era mobilizar produtores rurais quanto a necessidade de saber usar dos recursos naturais oferecidas pelas Veredas.

Algumas sugestões como propostas de investimentos e incentivos para a conservação e recuperação das Veredas foram discutidas além de apresentarem a proposta de alterações na legislação federal e estadual e assuntos pertinentes ao Centro para Conservação da Natureza de Minas Gerais.

Conforme informações do IEF- Instituto estadual de florestas, as veredas são áreas de preservação permanente protegidas pelas Leis Estaduais 9.375 (1986) e 9.682 (1988); e são responsáveis por uma parte significativa das redes de drenagem do cerrado, exercendo uma função importante de abastecimento dos mananciais que formam os rios. No caso de Minas Gerais ocorrem principalmente no oeste e norte do Estado, sendo responsáveis pela formação de inúmeros afluentes do rio São Francisco.

NO NORTE DE MINAS

Dados do IEF dão conta de que há no Norte de Minas, especialmente em Januária uma área de preservação de Veredas, mas é preciso cuidar para que não seja degradada. O

parque Estadual Veredas do Peruaçu possui a maior área de veredas preservada no estado.

Philippe Maillard, orientador da pesquisa - vegetação de veredas, em Minas Gerais, afirma que está sendo estudado um convênio com o IEF para criar na unidade de conservação uma base permanente de pesquisa.

- A instituição tem sido uma parceira inestimável no desenvolvimento dessas pesquisas, fornecendo um apoio imprescindível -b ressalta.

Nas informações disponíveis no site do Instituto, dizem que com 30.702 hectares de área, o Parque Estadual Veredas do Peruaçu está localizado no município de Januária e abriga um complexo de veredas e lagoas, formando um ambiente de textura argilosa. Destaca-se a vereda do Peruaçu, que dá origem ao nome da unidade de conservação (significa -gruta grande), com seus 37 quilômetros de comprimento decorados por palmeiras e buritis de até 20 metros de altura. Outras das veredas de menor extensão também são encontradas no Parque como a Comprida, dos Lopes, da Lagoa Azul, da Passagem, da Cruz entre outras.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink