Seminário da Embrapa aborda sistemas orgânicos de produção animal
CI
Agronegócio

Seminário da Embrapa aborda sistemas orgânicos de produção animal

Serão abordadas questões relativas à biosseguridade e qualidade da produção
Por:
Visando à capacitação de extensionistas rurais e produtores para a produção e comercialização de carnes, leite e ovos orgânicos, a Embrapa promove nesta quinta-feira (15/5) seminário sobre sistemas orgânicos. Além disso, serão abordadas questões relativas à biosseguridade e qualidade da produção.
 
O pesquisador da Embrapa Cerrados e coordenador do seminário, João Paulo Guimarães Soares, explica que a produção orgânica animal ainda não é tão difundida como a animal. “A produção orgânica vegetal é mais desenvolvida por ser mais simples de ser aplicada. Na animal, há mais complexidade, embora a produção orgânica tenha como objetivo a integração das produções. Assim, é possível que um produtor orgânico vegetal incorpore a produção animal. A legislação também define prazos para que produtores de artigos animais façam a transição para o sistema orgânico.”

O casal de produtores orgânicos Carlos Caetano e Eliana Rodrigues cultivam café, criam bois e vão dar início à criação de frangos este ano, numa propriedade de 165 hectares em Santo Antônio do Descoberto. Eles participam do seminário em busca da troca de experiências com outros produtores, mas são bastante críticos em relação ao que vem sendo feito nos centros de pesquisa, como a Embrapa. “As pesquisas com orgânicos no Brasil são insuficientes, infelizmente, assim como o orçamento destinado aos centros de pesquisa. O conhecimento que se tem vem das próprias experiências dos produtores. O governo fala muito porque é um mercado que cresce bastante, mas as ações ainda são poucas.”

Para o casal, os produtores precisam ter ciência de que um sistema orgânico se torna rentável a longo prazo. “A produção orgânica é, sim, rentável, é um mercado que cresce, puxado por uma consciência crescente da população sobre os benefícios do sistema orgânico. No entanto, o retorno financeiro vem a longo prazo. Um exemplo é relativo ao solo, que estava acostumado a uma adubação química. Quando se muda do sistema convencional para o orgânico, é preciso esperar que a terra se readapte.”

Números no Brasil de produtos orgânicos animais:

- O mercado orgânico geral (animal e vegetal) cresce cerca de 30% ao ano;
- Em 2010, foram produzidos aproximadamente 7 milhões de litros de leite;
- Em 2012, a produção de frangos alcançou 550 mil animais;
- Em 2012, foram produzidas 720 mil dúzias de ovos, e
- Em 2012, a produção de bovinos chegou a 13,8 mil cabeças.
 
Texto: Dâmares Vaz

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink