Seminário de AP em Não-Me-Toque, RS, reúne mais de 200 participantes
CI
Agronegócio

Seminário de AP em Não-Me-Toque, RS, reúne mais de 200 participantes

O sétimo seminário de Agricultura de Precisão realizado pela CNA e Senar em Não-Me-Toque reuniu mais de 200 participantes entre produtores rurais, estudantes e técnicos que acompanharam, na manhã dessa quinta-feira, no auditório da Cotrijal, cinco palestras com especialistas no assunto e casos de sucesso na aplicação da tecnologia.

Na abertura do evento o superintendente do Senar-RS, Gilmar Tietböhl, destacou a importância dos produtores conhecerem e saberem mais sobre agricultura de precisão “Estamos despertando os produtores para um caminho que não tem mais volta. É preciso se convencer que esta é a ferramenta que trará segurança na produtividade, menos trabalho e mais renda no campo” – argumentou.

Na sequência, o Engenheiro Agrônomo da Embrapa, Ricardo Inamasu e o professor da ESALQ – USP, José Molin, apresentaram exemplos de alto rendimento usando as técnicas e além das tendências para as lavouras com o uso de agricultura de precisão. O clube da irrigação, o qual o Sistema Farsul é uma das entidades fomentadoras no RS, foi destacado pelo chefe da Divisão Técnica do Senar – RS, João Telles, que também mostrou exemplos de melhorias de desempenho em produtividade com o uso planejado da água na produção. O projeto Aquarius, organizado por cooperativas, empresas privadas e Universidade de Santa Maria, foi apresentado pelo professor Telmo Amado, que mostrou os principais desafios vencidos nas propriedades da região ao implantar a tecnologia.


Os participantes tiveram o relato do engenheiro agrônomo Tiago Goffi, da empresa Agricenter, de Seberi,RS. A empresa passou a utilizar a tecnologia há dois anos, em 1,6 hectares de plantação rotativa de culturas, como milho, trigo, feijão, aveia branca e soja. “iniciamos devagar, investindo primeiro na adubação e na compra do pivô de irrigação” – comenta o engenheiro. Como resultado desta ação a produção passou de 180 para 300 sacas por hectare em produtividade. Conforme ele, o próximo passo para aumentar ainda mais este desempenho é concluir o mapeamento do solo corrigindo suas deficiências por área.

Após uma mesa redonda esclarecendo as dúvidas dos participantes, o diretor Financeiro da Farsul, Jorge Rodrigues encerrou o evento juntamente com o gestor de projetos em Agricultura de Precisão da CNA, Vitor Ferreira, e os palestrantes, confirmando o sucesso de público e interesse no evento, promovido pelo Senar-AC e CNA.


Para os participantes, o evento superou as expectativas. O técnico Paulo Maximenco, que é prestador de serviço de agricultura de precisão veio de Panambi, centro de Estado, para participar do evento. “Sensacional. O seminário é uma ferramenta importante para encorajar os produtores a investir na tecnologia.”- comentou.


Ouça a entrevista do superintendente do Senar-RS

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink