Seminário de suinocultura discute o futuro da produção de alimentos

Agronegócio

Seminário de suinocultura discute o futuro da produção de alimentos

Segundo a FAO, a produção de alimentos terá que crescer 70% até 2050
Por: -Joana
745 acessos
Para suprir as crescentes necessidades da população mundial, segundo a Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO), a produção de alimentos terá que crescer 70% até 2050. A estimativa é que haverá 2,3 bilhões de pessoas a mais para alimentar e para que haja alimento suficiente os investimentos na agricultura primária terão que aumentar 60%. Potência agrícola natural, o Brasil possui para os próximos anos a chance de se tornar o maior produtor de alimentos do mundo, de forma sustentável.

Pensando nisso, a ABCS traz no primeiro painel do XIV SNDS a palestra “Desafios na Produção de Grãos e Carnes do Brasil” com a proposta de fomentar o pensamento e reflexão da cadeia produtiva para as mudanças e movimentos do agronegócio moderno, que será apresentada pelo fundador da Markestrat (Centro de Pesquisa e Projetos em Marketing e Estratégia), Marcos Fava Neves. O Engenheiro Agrônomo e Doutor em Administração apresenta no XIV SNDS o futuro na produção de alimentos e qual será o papel do Brasil nessa nova fase.

Também estão confirmados os palestrantes:

- Carlos Alberto Sardenberg, jornalista e comentarista econômico.
- André Nassar, diretor geral do Ícone (Instituto de Estudos do Comércio e Negociações Internacionais).
- Enzo Donna, diretor da ECD consultoria e coordenador dos distribuidores especializado em food service.
- Alberto Serrentino, consultor de negócios internacionais ligados ao varejo e sócio sênior da Gouvêa de Souza. 
- Renato Meirelles, sócio-diretor do Data Popular, especializado em consultorias das classes C, D e E.
- Stephen Kanitz, colunista da Veja, mestre em Administração pela universidade de Harvard, consultor e conferencista no Brasil e no exterior.
As informações são da assessoria de imprensa da ABCS


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink