Seminário debate alimentos da agricultura familiar nas escolas da BA
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,046 (0,55%)
| Dólar (compra) R$ 5,60 (-0,69%)


Agronegócio

Seminário debate alimentos da agricultura familiar nas escolas da BA

O cardápio dos alunos passa a ter vegetais em substituição a produtos industrializados
Por:
1584 acessos

Os programas de aquisição de alimentos da agricultura familiar para as escolas da rede estadual foram apresentados, na quinta-feira (19), no ‘Seminário Estadual de Comercialização dos Produtos da Agricultura Familiar no Mercado Institucional: dinamizando a economia dos territórios’, realizado a partir das 9h, no auditório da Pousada Central, em Feira de Santana.

Durante o evento, o superintendente de Organização e Atendimento Escolar da Secretaria da Educação do Estado da Bahia, José Maria Dutra, fala sobre os desafios e as perspectivas para o cumprimento da lei federal nº 11.974/09, que determina que pelo menos 30% da alimentação escolar fornecida para as escolas públicas estaduais sejam de alimentos provenientes do cultivo das famílias.

“A ponta, que nesse caso são os agricultores, precisa ter conhecimento e compreender os procedimentos que o Estado está adotando para viabilizar a compra. Também é uma oportunidade de nos aproximar mais dos agricultores familiares”, avalia o superintendente.

Segundo ele, no intuito de viabilizar as compras, técnicos da SEC têm visitado municípios para conhecer as experiências de compras adotadas e também para promover parcerias para facilitar as compras. Valença, Irecê e a região sisaleira são as áreas mais adiantadas, no que diz respeito ao desenvolvimento e esclarecimento do projeto para alunos e agricultores de suas regiões.

Com a inserção dos produtos da agricultura familiar, o cardápio dos alunos passa a ter alface, batata, beterraba, couve, farinha de milho, leite em pó, mandioca, repolho e frutas, em substituição a produtos industrializados. A agricultura familiar é constituída de pequenos e médios produtores rurais, comunidades tradicionais e assentamentos da reforma agrária. Entre os principais produtos estão milho, aipim, farinha de mandioca, legumes e hortaliças.


Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink