ENTREVISTA

Senado pede explicações sobre ação do Greenpeace na Amazônia

Entrevista exclusiva com a senadora Ana Amélia Lemos
Por: -Leonardo Gottems
375 acessos

O Portal Agrolink entrevistou com exclusividade a senadora Ana Amélia Lemos, do Rio Grande do Sul. A parlamentar quer mais informações acerca sobre supostas pesquisas conduzidas pelo grupo ativista internacional “Greenpeace” na Amazônia. Confira:

Agrolink – Por que decidiu enviar pedido de esclarecimentos sobre as atividades do Greenpeace na Amazônia?

Ana Amélia Lemos – Em razão da queda de um avião Cessna 2-8 Anfíbio no dia 17 de outubro, que provocou a morte da sueca e pesquisadora da ONG internacional Carolina Steiser, de 29 anos, decidi requerer à Comissão de Relações Exteriores, no Senado, informações sobre as pesquisas que estão sendo realizados, na Amazônia, pelo Greenpeace.

Agrolink – Existe a possibilidade de estarem realizando algum tipo de atividade ilegal?

Ana Amélia Lemos – Aguardaremos a resposta dos ministérios para saber quais são as atividades desenvolvidas pela ONG internacional e avaliar eventuais medidas de proteção ao interesse nacional e à soberania brasileira

Agrolink – Qual é o risco que o Brasil corre por permitir ativistas nessas áreas?

Ana Amélia Lemos – O trabalho deve ser acompanhado e fiscalizado para que não haja nenhum risco. O governo brasileiro deve ser informado de qualquer pesquisa realizada na Amazônia por  grupos estrangeiros. A Amazônia é o maior patrimônio brasileiro e precisamos saber o que está sendo estudado, pesquisado ou explorado naquele território.

Agrolink – O Greenpeace pode ser convocado a prestar esclarecimentos ao Senado?

Ana Amélia Lemos – Dependemos das respostas dos ministérios para sabermos se haverá essa necessidade.

Agrolink – Qual é o receio com relação a grupos ativistas estrangeiros?

Ana Amélia Lemos – É de interesse da sociedade brasileira a transparência nessas operações. Precisamos saber, portanto, quais os objetivos da pesquisa, o que estão investigando e pesquisando, quando a pesquisa começou e quando terminará. O resultado será compartilhado com instituições brasileiras de pesquisa dedicadas à biodiversidade ambiental da Região Amazônica? Qual a área abrangida na Amazônia nessa pesquisa e quantos pesquisadores estrangeiros dela participam?

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink