Senadora critica texto por ignorar recomendações científicas
CI
Agronegócio

Senadora critica texto por ignorar recomendações científicas

A senadora Marinor Brito criticou (PSOL-AP) o texto substitutivo do novo Código Florestal
Por:
A senadora Marinor Brito (PSOL-AP) criticou agora há pouco, em Plenário, o texto substitutivo do novo Código Florestal (PLC 30/2011) por ignorar as recomendações feitas por representantes de entidades científicas como a Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência (SBPC) e a Academia Brasileira de Ciências (ABC). Para ela, o texto mostra que o governo resolveu se colocar ao lado de quem comete crimes ambientais, deixando de lado os interesses do povo brasileiro.


Marinor Brito afirmou que o texto, dos senadores Jorge Viana (PT-AC) e Luiz Henrique (PMDB-SC), provocará mais desmatamento, ao contrário do que dizem os parlamentares da base do governo e os ligados ao setor rural.

Ela pediu atenção aos "acordos feitos nos bastidores" e disse que os relatores optaram por descartar as emendas propostas por ela e pelo colega de partido, Randolfe Rodrigues (AP), com foco na defesa do meio ambiente e dos direitos humanos.

Marinor lembrou que a população brasileira tem se manifestado em favor da defesa do meio ambiente, o que comprovaria não ser esse, ao contrário do que se disse, o "Código de todos os brasileiros". E citou enquete realizada pela Secretaria de Pesquisa e Opinião do Senado (Sepop), no site da Casa, que mostrou a contrariedade dos internautas com as mudanças no Código Florestal.

Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o site para tornar sua experiência personalizada. Leia os nossos Termos de Uso e a Privacidade.