SENAR eleva oferta de cursos no Rio Grande do Sul

Agronegócio

SENAR eleva oferta de cursos no Rio Grande do Sul

Os números foram apresentados em coletiva de imprensa realizada em Porto Alegre
Por:
294 acessos

O SENAR encerrará o ano de 2016 com o aumento de 11,6% na oferta de cursos de formação profissional rural e promoção social realizados pela entidade em todo o Rio Grande do Sul, totalizando 9.677 iniciativas. Entre palestras, oficinas, seminários, cursos e programas, o SENAR atendeu 162.214 pessoas, o que representa um crescimento de 10,48% em relação a 2015. Os números foram apresentados em coletiva de imprensa realizada em Porto Alegre.

O curso que obteve maior procura foi o de Inclusão Digital, com a formação de 1.128 pessoas, o que mostra, conforme o superintendente do SENAR, Gilmar Tietböhl, a preocupação do setor em buscar conhecimento na área para aplicar no seu dia a dia de trabalho. O 2º curso mais procurado foi o sobre Aplicação Correta e Segura de Agroquímicos, e o 3º, Saneamento Rural Básico.

As palestras com maior presença no ano foram Qualidade de Vida no Meio Rural, com a participação de 12.452 pessoas, Zoonoses, com 9.826 presenças, e a Saúde da Mulher Rural, 3.106 participantes. O programa mais procurado foi o Juntos para Competir, com a participação de 3.264 alunos.

Entre outros destaques, Tietböhl apontou o Programa Alfa de alfabetização de trabalhadores do meio rural. "Já alfabetizamos mais de 30 mil pessoas no RS nos últimos 15 anos",  informou Tietböhl. O superintendente do SENAR ressaltou a relevância dessa programa, essencial para preparar os trabalhadores para participarem de outras iniciativas da entidade.

O foco do SENAR em 2017 será nos jovens. Entre as iniciativas previstas, está o novo Polo em São Sepé e em Cruz Alta. A entidade também intensificará investimentos em assistência técnica, com a realização do Programa MAPA LEITE, que deve atender 1.140 propriedades em 112 municípios, e em saúde e qualidade de vida, por meio de treinamentos e palestras nas atividades do meio rural.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink