SENAR Maranhão capacita produtores rurais no Projeto ABC Cerrado

Agronegócio

SENAR Maranhão capacita produtores rurais no Projeto ABC Cerrado

Objetivo é a capacitação de produtores para aplicar tecnologias sustentáveis 
Por:
559 acessos

Objetivo é a capacitação de produtores para aplicar tecnologias sustentáveis 

Capacitar produtores para entender e aplicar as tecnologias de baixa emissão de carbono (ABC) em suas propriedades é o objetivo dos cursos iniciados esta semana nos municípios de Chapadinha, Fortuna e Colinas pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Rural do Maranhão (SENAR-MA) por intermédio do programa ABC Cerrado.

O presidente da Federação de Agricultura e Pecuária do estado (FAEMA), Raimundo Coelho, e o gerente de Qualificação Profissional do SENAR, Carlos Antônio Feitosa, participaram da abertura de novas turmas em Colinas e Fortuna com a participação de dezenas de produtores rurais, representantes da administração municipal e convidados.

Em Chapadinha quem ministrou a palestra de abertura foi o presidente do Sindicato dos Produtores Rurais, José Luzia, que em seu discurso, fez referência  ao Sistema FAEMA/SENAR,  atribuindo a expansão e o fortalecimento das ações do setor rural à entidade, visto ser o SENAR o responsável por levar conhecimento ao produtor rural de todo o estado e, agora, de implementar programas como ABC Cerrado e o Projeto de Recuperação de Áreas Degradadas na Amazônia (PRADAM), lançado recentemente em Santa Inês e Açailândia. Luzia destacou ainda a parceria da administração municipal e da iniciativa do sindicato, sem a qual não seria possível o atendimento aos interessados em se qualificar para atuar no setor produtivo rural.]

“A minha satisfação é de ver o crescimento do nosso município e que em um  futuro próximo, possamos ter maior lucratividade. Estamos trazendo cursos do SENAR para que melhore o conhecimento e a visão dos nossos produtores e o ABC Cerrado é um programa que tem a finalidade de capacitar os pequenos produtores e mostrar a importância em manter os seus animais e suas propriedades com uma tecnologia mais avançada, isso não somente para Chapadinha, mas para todo o Maranhão”,  disse o líder sindical.

De acordo com a coordenadora do ABC Cerrado no Maranhão, Aline Saldanha, o SENAR atenderá por meio do programa, vinte municípios e os encontros com os produtores ocorrerá mensalmente. A participação dos produtores nesse processo, segundo ela, os tornará aptos a receber a assistência técnica e gerencial no ABC Cerrado ao longo de 18 meses. Saldanha falou ainda que além dos produtores, técnicos de campo também foram capacitados para atuarem nas propriedades, deste o mês de maio.

“A nossa meta é capacitar 600 produtores no Bioma Cerrado e começamos o trabalho juntos aos produtores de Chapadinha, Colinas e Fortuna. Serão mais de vinte turmas até o final do ano e logo no primeiro semestre de 2017,  teremos outras vinte”, disse a coordenadora. "A capacitação se propõe levar ao homem do campo, conhecimento sobre tecnologia de produção sustentável, principalmente na recuperação de áreas degradadas”, afirmou Aline Saldanha.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink