Senar mostra ações de campo do projeto Paisagens Rurais na Bahia

Usamos cookies para armazenar informações sobre como você usa o nosso site e as páginas que visita. Tudo para tornar sua experiência a mais agradável possível. Leia nossos Termos de Uso e Termos de Privacidade. Ao clicar em Aceitar & Fechar, você consente com a utilização de cookies.


CI
Imagem: Nadia Borges
AGRONEGÓCIO

Senar mostra ações de campo do projeto Paisagens Rurais na Bahia

Senar apresentou o andamento das ações de campo do projeto Paisagens Rurais na Bahia em uma oficina virtual
Por:

O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural (Senar) apresentou o andamento das ações de campo do projeto Paisagens Rurais na Bahia em uma oficina virtual, na quinta (25), com a participação de representantes das instituições que atuam na iniciativa.

O projeto vai beneficiar quatro mil propriedades rurais da Bahia, Goiás, Maranhão, Minas Gerais, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso e Tocantins por meio da Assistência Técnica e Gerencial (ATeG) do Senar.

No estado da Bahia, o coordenador de Programas do Senar/BA, Luciano Wanderley, explica que são atendidas propriedades rurais de pecuária de corte e de leite que compõem a bacia hidrográfica prioritária de Brejolândia, na região oeste da Bahia.

“Até meados de abril a nossa intenção é alcançar 700 propriedades rurais atendidas pelo projeto. Nesse momento, temos 598 estabelecimentos cadastrados que já receberam 1923 visitas técnicas campo desde agosto de 2020”, destacou.

Wanderley ressalta que, mesmo com a pandemia do novo coronavírus e os desafios impostos pela necessidade de distanciamento social, o projeto Paisagens Rurais está avançando e já demonstra benefícios aos produtores atendidos.

Em um período de dois anos, os técnicos de campo da ATeG do Senar acompanham as propriedades rurais mensalmente, com orientações relacionadas à melhoria do gerenciamento rural.

Os produtores têm acesso a tecnologias que permitem o aumento de produtividade e adequações ambientais para a recuperação de áreas e pastagens degradadas, além das adequações para o cumprimento das obrigações legais.

Durante a reunião, o coordenador do projeto Paisagens Rurais no Senar, Rafael Diego da Costa, reforçou que a ATeG Senar oferece aos produtores ferramentas de gestão da propriedade rural. “Além disso, é disponibilizada a oportunidade de recuperação ambiental associada à atividade produtiva”.

“Esse projeto é muito importante, pois permite ao produtor rural agir localmente e ter o benefício em toda a paisagem de forma mais global”, conclui.

Sobre o Projeto

O projeto Paisagens Rurais é financiado com recursos do Programa de Investimento Florestal (FIP em inglês) que são gerenciados pelo Banco Mundial. A coordenação é do Serviço Florestal Brasileiro (SFB) e do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa) com parceria da Agência de Cooperação Técnica Alemã (GIZ), Senar, Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTI), por meio do Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (Inpe), e Embrapa.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink