Agronegócio

SENAR-MT lança oficinas de Horta Vertical e IN 62- Qualidade do Leite na Expoagro

Salsinha, cebolinha e vários outros tipos de temperos frescos colhidos na hora de usar.
Por:
607 acessos

Salsinha, cebolinha e vários outros tipos de temperos frescos colhidos na hora de usar. Todos podem ter, inclusive, aquelas pessoas que moram em apartamentos e acreditam que não há espaço para o cultivo de hortaliças. O Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT) lançou nesta quinta-feira (07), as oficinas Horta Vertical e IN -62 ? Qualidade do leite.

A instrutora credenciada junto ao SENAR, Laura Rosana Moreira, conta que o objetivo é mostrar como se constrói e se cultiva hortaliças em pequenos espaços. A oficina tem carga horária de quatro horas e é dividida em duas partes. "Abordamos assuntos como defensivos naturais, poda/desbrota, adubação de cobertura, folear e até irrigação".

Já na parte prática, a instrutora mostra aos participantes como fazer os recipientes para o plantio das hortaliças, utilizando garrafas pets e canos (pvc). "A garrafa precisa ter a tampa. O espaço aberto para o plantio deve variar entre 12 e 15 centímetros e ter somente duas plantas por cada garrafa. Já nos canos de PVC, esse espaço pode ser bem maior".

Para o pequeno produtor rural Sinval Rodrigues Gouveia, de 53 anos, que deixou a profissão de mestre de obras para ser agricultor, a oficina Horta Vertical acrescentou muito conhecimento e informação. Ele conta que tem uma chácara no bairro Lagoa Azul e que já cultiva frutas, legumes e hortaliças. "O mais importante foi aprender as receitas alternativas para combater as pragas e doenças. Já vou começar a aplicar na minha plantação", ressalta.

O outro lançamento do SENAR-MT é a oficina de Instrução Normativa - 62 (IN-62) ? Qualidade do Leite. O instrutor Breno Augusto de Oliveira explica que a carga horária também é de quatro horas e que a oficina é dividida em duas partes: prática e teórica. "O objetivo é mostrar como aplicar técnicas de higienização na ordenha para a produção de leite com qualidade, conforme IN 62", explica.

Na parte teórica, Oliveira aborda assuntos como a contaminação do leite e a importância da higiene. Já na parte prática, ele mostra a regulagem de dosagem de medicamentos, higienização dos bebedouros, caracterização racial, ração e ordenha. "Abordamos vários outros assuntos como características de um bom ordenhador, preparo das soluções de desinfecção dos tetos e dos materiais para a ordenha higiênica e até o destino do leite após a ordenha".

Para esta sexta-feira (08.07) está previsto o lançamento da oficina de Defensivos Naturais que acontece no período da tarde e, também, o da Vitrine de Entradas e Saladas, que será a partir das 18h30. Mas não é só isso. Estão reservadas para esta sexta várias outras atividades no estande do SENAR-MT, montado na Expoagro de Cuiabá. Confira a programação.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink