SENAR-MT lança programa Boas Práticas Agropecuárias durante a I Agropec

Agronegócio

SENAR-MT lança programa Boas Práticas Agropecuárias durante a I Agropec

O lançamento foi feito pelo superintendente da instituição, Otávio Celidonio, durante a I Agrotec - Feira Tecnológica de Cáceres.
Por:
771 acessos

Município que detém o maior rebanho bovino do estado, com mais de um milhão de animais, Cáceres foi escolhida para sediar o lançamento do novo programa do Serviço Nacional de Aprendizagem Rural de Mato Grosso (SENAR-MT), o Boas Práticas Agropecuárias (BPA). O lançamento foi feito pelo superintendente da instituição, Otávio Celidonio, durante a I Agrotec - Feira Tecnológica de Cáceres.

O BPA é voltado para a cadeia da bovinocultura de corte e visa capacitar trabalhadores e produtores rurais desta cadeia produtiva, tornando os sistemas de produção mais eficientes e rentáveis, além de disponibilizar para o mercado consumidor um alimento seguro e produzido de forma sustentável.

O foco são empresas rurais que querem tornar seu sistema de produção mais rentável e competitivo. Podem participar produtores rurais, gerentes de fazendas e/ou encarregados. A carga horária é de 116 horas, divididos em sete módulos. 

Dentro da programação do BPA serão abordados temas voltados à gestão econômica e financeira da propriedade, obrigações sociais, trabalhistas, saúde e segurança no trabalho, gestão ambiental, instalações rurais, manejo e bons tratos na produção animal, formação e manejo de pastagens, suplementação alimentar, identificação animal e rastreamento, controle sanitário e manejo reprodutivo.

O programa estará disponível para ser demandado pelos Sindicatos Rurais de Mato Grosso para o próximo ano. Cáceres já tem uma turma confirmada para o próximo ano. 

Segundo o superintendente do SENAR-MT, Otávio Celidonio, o BPA é um programa com a cara do futuro, justamente porque trata os principais assuntos que uma propriedade precisa para ter uma boa governança. "É uma novidade pois alia capacitação e consultoria. Cada módulo trata de um assunto e conta com uma consultoria individual, por propriedade. Ao final, os participantes terão que apresentar os resultados alcançados e conferir assim a evolução que o programa possibilitou em sua propriedade", destacou Celidonio.

Para o pecuarista de Cáceres e presidente da comissão de Pecuária da FAMATO, João Oliveira Gouveia Neto, o programa irá beneficiar muito a cadeia, já que muitos pecuaristas ainda têm dificuldades quando se trata de gestão. "Vejo que na pecuária isso ainda é muito latente e este programa do SENAR-MT vem em boa hora".

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink