Serasa compra startup de operações financeiras do agro
CI
Imagem: Divulgação
TRANSAÇÃO

Serasa compra startup de operações financeiras do agro

Com isso empresa passa a analisar riscos de operações do agronegócio
Por: -Eliza Maliszewski

Recentemente o Portal Agrolink noticiou que a Serasa Experian, empresa voltada para a análise de dados de informações para apoio na tomada de decisões das empresas, principalmente em relação ao crédito, havia anunciado um investimento de R$ 40 milhões para entrar na área agrícola. O negócio irá reunir as informações do agronegócio para auxiliar os agentes financeiros deste segmento na visão dos riscos financeiros de operações de acesso ao crédito.

VEJA: Serasa entra no mercado de crédito agrícola

Nesta terça-feira (20) a empresa anunciou que fez a compra de parte da startup Brain Ag, empresa de big data para operações financeiras do agronegócio. A expectativa é que a unificação entre a plataforma da startup com os dados da empresa crie uma oferta única no mercado para avaliação de risco no agronegócio, reunindo informações completas para originação, decisão e monitoramento do produtor em menos tempo. A solução permitirá que as análises sejam feitas em minutos, o que antes poderia demorar vários dias. 

Cerca de 60 funcionários sejam totalmente dedicados ao tema nas companhias após a integração completa dos sistemas. Chamada de Farm Check, a ferramenta reúne informações de propriedades rurais, uso de solo, clima, processos, protestos e diligência em cartórios de registro de imóveis em uma só plataforma. Bancos, tradings, fundos de investimentos, distribuidores de insumos, cooperativas e outros potenciais credores do agro podem realizar consultas e fazer a gestão de sua carteira de clientes e garantias em um só lugar, avaliando os riscos em toda a jornada de crédito. O credor ainda pode utilizar o módulo Geo, que qualifica as garantias e monitora a safra corrente.

“A ferramenta soluciona um desafio desse mercado ao dar informações precisas de forma ágil, em um único ambiente, e a utilizaremos para distribuir os novos produtos que serão desenvolvidos para tornar o crédito agrícola mais fácil, acessível e seguro para todas as partes envolvidas”, diz Marcelo Pimenta, diretor do DataLab e responsável pelas ações voltadas a este mercado na Serasa Experian.

Para os fundadores da startup, Renato Girotto e Guilherme Costa ‘’a compra de parte da empresa pela Serasa reforça isso, e nos possibilitará acelerar a evolução das nossas soluções atuais, desenvolver novos produtos e ganhar escala no mercado. Acredito que iremos muito longe e transformaremos o mercado de crédito agrícola nos próximos anos”, afirma Girotto.

Inicialmente, o projeto é distribuir para o mercado diferentes funcionalidades da Serasa Experian, como o AgriScore, e serviços de reciprocidade e troca de dados para manter o ambiente de crédito mais seguro. Entre outras iniciativas previstas estão o Farmer ID, app que empodera o produtor na tomada de crédito, ferramentas de inteligência de mercado, digitalização e registro de títulos, relatórios de reputação e outros serviços que atenderão a demanda crescente das políticas ESG (governança social, corporativa e ambiental).
 


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink