Agronegócio

Setor do algodão inicia o ano otimista

As condições de oferta e demanda tanto do mercado internacional quanto internas se mostram positivas
Por: -Redação
4 acessos

Cotonicultores acreditam em um cenário melhor neste ano com as perspectivas de maiores produção e vendas externas. Além disso, as condições de oferta e demanda tanto do mercado internacional quanto internas se mostram positivas, devendo sustentar as cotações domésticas.

De acordo com o segundo levantamento de intenção de plantio para a safra 2006/07 divulgado em novembro pela Conab, a área de algodão no Brasil deverá crescer 20,8%, para 1,034 milhão de hectares. A produção nacional deve ficar em 1,343 milhão de toneladas, podendo superar as 1,309 milhão de toneladas históricas da safra 2003/04. Nesta semana, o mercado interno de algodão esteve mais movimentado, devido ao maior interesse do comprador.

Vendedores, por sua vez, continuam retraídos. Nessa primeira dezena do mês, o Indicador CEPEA/ESALQ – 8 dias para pagamento – já acumula alta de 1,67%, fechando a R$ 1,3708 nessa terça-feira (09-01). As informações são da assessoria de imprensa do Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada (CEPEA).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink