Setor orizícola do RS prepara pleitos

Agronegócio

Setor orizícola do RS prepara pleitos

A intenção é solicitar à governadora eleita, Yeda Crusius, a ampliação do crédito presumido
Por: -Redação
1 acessos

Os integrantes do Arranjo Produtivo do Arroz (AP do Arroz), no Rio Grande do Sul, devem se reunir no início de janeiro para tratar das propostas que serão encaminhadas aos novos representantes dos governos estadual e federal. A intenção é solicitar à governadora eleita, Yeda Crusius, a ampliação do crédito presumido dos atuais 3% para 5%.

Em âmbito nacional, o AP deverá pressionar para que seja feita a reforma tributária por meio dos deputados gaúchos. O que mais atrapalha hoje é a guerra do ICMS. Queremos que seja zero ou perto disto, por se tratar de um componente da cesta básica, apontou o diretor comercial e industrial do Irga, Rubens Silveira. O AP deveria ter se reunido ontem, mas o encontro foi cancelado, já que os integrantes decidiram esperar as mudanças nos governos.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink