Silo: Associativismo como alternativa

Agronegócio

Silo: Associativismo como alternativa

Cooperativismo aparece como alternativa para os produtores que não enxergam o investimento em um silo como viável
Por:
950 acessos

Tradicional no Paraná, o cooperativismo aparece como alternativa para os produtores que não enxergam o investimento em um silo como viável. O professor de economia rural Eugenio Stefanelo considera que associações do tipo facilitam a vida de quem não possui conhecimento técnico ou possa ter dificuldade no manejo dos grãos armazenados.

O gerente de comercialização da Integrada Cooperativa Agroindustrial, João Bosco, explica que é possível fazer o depósito da produção nos silos da empresa e escolher quando comercializá-los, caso essa seja a vontade do cooperado. "Mas é preciso acompanhar o 'timing' do mercado, o que a cooperativa já faz por ele."

Bosco conta que seis grandes produtores da região de Londrina que possuem silos alugam as estruturas para a Integrada. Ainda, completa que há vantagens como vender em escala e receber dividendos. "Para trabalhar com isso, precisa estar muito avançado na comercialização, no manejo, na conservação, porque há risco de deterioração", diz.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink