Simpósio Goiano do Algodão leva a Rio Verde-Goiás grandes pesquisadores da cultura

Algodão

Simpósio Goiano do Algodão leva a Rio Verde-Goiás grandes pesquisadores da cultura

Está acontecendo na quinta-feira (13) a edição 2018 do encontro, realizado em parceria pela Embrapa e a AGOPA
Por:
88 acessos

Está acontecendo na quinta-feira (13) a edição 2018 do encontro, realizado em parceria pela Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa) e a Associação Goiana dos Produtores de Algodão (AGOPA). O evento, em sua quarta edição, é dedicado aos produtores, técnicos e consultores de algodão, que compareceram em grande número ao auditório principal do Centro Tecnológico Comigo, na cidade de Rio Verde.

A programação está composta por palestras e Talk Shows (formatos de Fóruns, nos quais os participantes não realizam apresentações, discutindo e expondo seus conhecimentos sobre os temas a partir de provocações do moderador), que contam com pesquisadores da Embrapa, da Fundação de Apoio à Pesquisa Agropecuária de Mato Grosso, do Instituto Goiano de Agricultura (IGA), e membros do grupo Schllater e da SLC Agrícola. O objetivo do Simpósio é apresentar os resultados das pesquisas realizadas nos últimos dois anos e servir como painel de discussão de assuntos relevantes percebidos na safra passada, bem como de proposições para a próxima.

Ainda pela manhã, acontecerá o Talk Show “Exigências nutricionais do Sistema soja-milho-algodão”, que terá por moderadora a pesquisadora Ana Luiza Borin, supervisora do Núcleo Regional do Algodão em Goiás, com sede na Embrapa Arroz e Feijão. Ao lado de Álvaro Vilela Resende e Adilson de Oliveira Júnior, pesquisadores da Embrapa Milho e Sorgo e Embrapa Soja, respectivamente, e Vítor Vargas, da SLC Agrícola, o fórum irá abordar questões nutricionais das culturas do algodão, soja e milho, tanto quando adotadas de forma independente como quando integradas em sistemas.

À tarde, dois outros Talk Shows completam o Simpósio. Às 14h, tendo por moderador o representante do grupo Schllater, André Luiz Silva, o tema será “Contribuição da diversificação de culturas para a eficiência dos sistemas produtivos”, com a discussão ficando por conta de Élio R. de la Torre (IGA), Júlio César Bogiani (Embrapa Territorial) e Leandro Zancanaro (Fundação MT).  Às 16h15, a última parte do evento, com o tema “Novas possibilidades do manejo integrado de pragas e doenças”, que será moderado por Janaíne Souza Saraiva (Embrapa Algodão) e debatido por Fábio Aquino de Albuquerque (Embrapa Algodão), Murillo Lobo Júnior (Embrapa Arroz e Feijão) e Lício Pena (Associação Mineira de Produtores de Algodão- AMIPA), este último, substituindo o representante do IGA, que consta na programação, mas não pode estar presente.

Na realização do Simpósio Goiano do Algodão 2018, Embrapa e AGOPA têm apoio da Cooperativa Agroindustrial dos Produtores Rurais do Sudoeste Goiano (Comigo), Fundo de Incentivo à Cultura do Algodão em Goiás (Fialgo), Fundação Goiás, Instituto Brasileiro do Algodão (IBA) e Instituto Goiano de Agricultura (IGA).

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink