Sipcam constrói nova fábrica em Minas Gerais


Agronegócio

Sipcam constrói nova fábrica em Minas Gerais

Por: -Admin
11 acessos

A Sipcam Agro, fabricante de defensivos agrícolas e subsidiária da italiana Sipcam Oxon, está investindo R$ 15 milhões na construção de uma nova unidade industrial em Uberaba (MG). Com a nova fábrica, que deverá entrar em operação no final de 2004, a empresa espera aumentar sua capacidade de produção em 30%, para 13 mil toneladas de produtos por ano. A empresa é líder na venda de acaricidas com o Sipcatin, utilizado nas lavouras de citros. "A agricultura está vivendo uma nova fase de investimentos. E queremos estar preparados para atender a essa demanda", diz Ronald Weber, coordenador de markerting da empresa.

A nova unidade, que começa a ser construída no segundo semestre, vai produzir inseticidas, fungicidas e acaricidas politicamente corretos, na forma de grânulos dispersáveis em água (GRDA). Por meio dessa tecnologia, o agricultor não tem contato direto com o acaricida, na forma de grânulos. Ele coloca os grânulos, acondicionados dentro da embalagem fechada, no tanque de pulverização. Adiciona água e a embalagem se dissolve. "Ele é muito mais seguro do que o acaricida na forma líquida ou em pó molhado, que podem ser inalados", diz Weber.

Outra vantagem dos grânulos é que seu transporte é mais barato: são mais leves do que o fungicida na forma líquida. Além disso, a embalagem não precisa ser incinerada como produto contaminado. No Brasil, apenas outros cinco fabricantes detêm a tecnologia de produção em grânulos dispersáveis. Por isso, a Sipcam Agro vai fabricar para si mas também pretende produzir para terceiros.

No ano passado, a empresa faturou US$ 35 milhões e a meta é aumentar as vendas em 28,6%, para US$ 45 milhões. A empresa, que atua com produtos para citros, cana-de-açúcar, milho, tomate e café, entre outros, pretende transformar a soja em uma de suas prioridades em 2003. O investimento está sendo feito com recursos próprios e do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES). Ele será oficialmente anunciado hoje pelo CEO mundial do grupo, Giancarlo Oliva, ao ministro da Agricultura, Roberto Rodrigues.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink