Agronegócio

Sistema FAEMG e Sindicato Rural marcam presença na 47ª Expoagro GV

Um estande está montado no Parque de Exposições José Tavares Pereira e receberá visitantes diariamente até o dia 17 de julho, data de encerramento da 47ª edição da exposição.
Por:
511 acessos

Pelo quinto ano consecutivo, o Sindicato dos Produtores Rurais de Governador Valadares, em parceria com o Sistema FAEMG/ SENAR-MG, marca presença na Exposição Agropecuária de Governador Valadares, no Vale do Rio Doce. Um estande está montado no Parque de Exposições José Tavares Pereira e receberá visitantes diariamente até o dia 17 de julho, data de encerramento da 47ª edição da exposição.

Além do público que habitualmente passa pelo local, aproximadamente 600 crianças devem visitar o estande. Por dia, em média 120 estudantes são recebidos no local e ganham um brinde do SENAR Minas, parceiro do sindicato. Nesta edição, o produtor rural e diretor do Sindicato Rural, Raul Cláudio dos Santos, desenvolveu um que tem como temática a Tributação dos Produtos.

“Nosso objetivo é conscientizar de que todos são atingidos pela tributação, por mais baixa que seja a renda, e mostrar aos visitantes os principais tributos pagos pela população, além de calcular as taxas de impostos embutidos nos principais produtos. Isso contribui para o exercício da cidadania e auxilia na construção de um conhecimento mais amplo e multidisciplinar, além de estimular a interação e socialização”, explica.
Projeto Agropecuária na Escola

Na manhã de terça-feira (12), crianças da Escola Estadual Manoel Byrro estiveram no estande e participaram de uma dinâmica. As visitas das crianças fazem parte do Projeto Agropecuária na Escola desenvolvido pela URRD (União Ruralista Rio Doce).

“Esta é a 7ª edição do Projeto Agropecuária na Escola, que é realizado desde 2010. A ideia é trazer alunos de escolas públicas, estaduais, particulares ou entidades beneficentes para visitar o parque de exposições, durante a exposição, para que eles conheçam os diversos serviços oferecidos por empresas rurais, da indústria e do comércio de nossa cidade”, explica a coordenadora do projeto, Audete Faria Melo.

Durante a Expoagro GV, todos os serviços prestados pelo Sindicato Rural, no Centro da cidade, estão sendo realizados no Estande montado no Parque de Exposições. Todos os funcionários ficam de prontidão recebendo e auxiliando os visitantes.

Cursos a distância

Outro serviço prestado no estande é a inscrição dos interessados no Portal da Educação a Distância do SENAR, que visa contribuir com a formação e a profissionalização das pessoas do meio rural em todo o território nacional.

“São vários cursos on-line que ampliam o acesso ao conhecimento e abrem oportunidades para o aumento da produtividade, da renda e da qualidade de vida dos produtores do campo. A divulgadora da Educação à Distância aqui em Valadares, Alessandra [Cristina Oliveira], já realizou cerca de 300 inscrições desde a abertura da Expoagro”, destacou o gerente regional do Senar Minas em Valadares, Ulisses Silveira Costa.

O presidente do Sindicato dos Produtores Rurais de Governador Valadares, Afonso Luiz Bretas, reforçou o convite para que os participantes da Expoagro GV visitem o estande. “No estande falamos sobre as ações do sindicato rural, da FAEMG, do Senar Minas e de alguns programas destas entidades. É um ponto de encontro para os produtores rurais. Aqui podemos trocar ideias, experiências e ter notícias do que acontece no setor rural”.

Potencial da Pecuária de Corte

Na segunda-feira (11), o analista de agronegócio da FAEMG, Wallisson Lara Fonseca, esteve no Parque de Exposições onde falou para quase 50 pessoas sobre a Pecuária de Corte e o seu Potencial Para Crescer.

“Nós apresentamos o resultado de um diagnóstico feito em Minas Gerais sobre a pecuária de corte feito pelo Sistema Faemg durante um ano e finalizado no início deste ano. Mostramos através deste diagnóstico como podemos melhorar para obter mais eficiência na pecuária de corte. Temos um porte enorme de crescimento e mostramos como o produtor mineiro pode tirar proveito desta atividade tornando-a mais rentável e lucrativa, claro, desde que seja bem gerida a atividade”, explicou Walllison Lara.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink