Agricultura

Sistemas Agrícolas Consorciados chegam a comunidades de Urbano Santos

Dias de campo vão tratar das culturas do arroz, feijão caupi, milho e mandioca e ainda dos alimentos biofortificados
Por:
183 acessos

Dias de campo vão tratar das culturas do arroz, feijão caupi, milho e mandioca e ainda dos alimentos biofortificados

Divulgar os Sistemas Agrícolas Consorciados – SACs para técnicos, professores, estudantes, extensionistas e produtores familiares como alternativa de diversificação alimentar e produtiva para elevação da produtividade na agricultura familiar do Estado do Maranhão. Esse é o objetivo dos Dias de Campo sobre os SACs aplicada às culturas do arroz, feijão caupi, milho e mandioca e ainda a alimentos biofortificados. 

O evento ocorre esta semana nas comunidades Laranjeiras (dia 26 de abril), Mangabeirinha e Mata dos Ferreira (ambas no dia 27 de Abril), do município de Urbano Santos, sempre das 8h às 12h30. Os eventos terão a presença da chefe-adjunta de Pesquisa & Desenvolvimento da Embrapa Cocais, Nelcimar Reis,  e da Prefeita Municipal, Iracema Vale. A coordenação é da Embrapa Cocais e da Secretaria Municipal de Agricultura de Urbano Santos, sendo a iniciativa parte de convênio de cooperação técnica entre as partes. 

Nessas comunidades, foram implantadas três Unidades de Referência Tecnológica e Construção de Conhecimentos (URTs) com as culturas prioritárias para o município (milho, mandioca, arroz e feijão), sendo parte delas plantadas com sementes biofortificadas (projeto BioFORT). As Unidades serão como “sala de aula” para que o público-alvo possa ver na prática os SACs. Na programação, estão as palestras sobre “Sistemas Agrícolas consorciados: tecnologias de manejo das lavouras na agricultura familiar”, “Alimentos biofortificados: produção e oportunidades de comercialização” e “Organização dos campos agrícolas de Urbano Santos”. 

Os sistemas agrícolas consorciados consistem basicamente em organizar a diversificação produtiva da família em faixas, separando as culturas cultivadas de forma que não haja competição entre elas por nutrientes, água, luz e espaço. “Essa é a grande lógica do sistema: diversificar com sustentabilidade. A transferência desta tecnologia é feita diretamente nas comunidades com a participação dos técnicos e produtores das regiões. O que queremos é a construção do conhecimento e a promoção do desenvolvimento regional pelo empoderamento dos técnicos locais, que, por sua vez, repassam esse conhecimento para o pequeno produtor sobre técnicas de manejo do solo, de pragas e doenças, fertilidade e arranjos espaciais para uso mais eficiente da terra com diversidade de produção e melhoria da produtividade por unidade de área para o pequeno produtor”, explica o analista da Embrapa Cocais Carlos Santiago, que trabalha com a transferência de tecnologia envolvendo os SACs no Maranhão.

Urbano Santos é hoje um modelo de município empreendedor no campo da inovação tecnológica e social. A parceria com a Embrapa tem propiciado que agricultores mais humildes tenham acesso ao conhecimento necessário para transformar as lavouras em áreas de altas produtividades e diversificação da produção, garantindo a segurança alimentar e ainda excedentes de produção. Além disso, o desenvolvimento da agricultura familiar tem incluído pessoas e comunidades, contribuindo para a redução da pobreza no campo e nas cidades. 

Mais sobre os SACs – Os Sistemas Agrícolas Consorciados são um conjunto de tecnologias envolvem as culturas alimentares do arroz, milho, feijão caupi e mandioca. A metodologia preconiza a implantação de URTs em áreas de um hectare nas comunidades selecionadas pela prefeitura parceira, com uso de novas cultivares lançadas pela Embrapa e variedades em uso na região. Além do consórcio, o sistema preconiza a rotação de culturas entre o arroz, feijão e milho, prática que intensifica o uso da terra com sustentabilidade, conservação e manejo adequados do solo. 

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink