Soja: Preço sobe com compra da China

MERCADO

Soja: Preço sobe com compra da China

Com isto, os prêmios nos portos brasileiros ficaram entre 3 e 5 cents/bushel mais firmes
Por: -Leonardo Gottems
1411 acessos

A China voltou a comprar soja do Brasil nos últimos dois dias, quando promoveu a aquisição de 8 cargas com aproximadamente 60 mil toneladas cada uma. De acordo com o especialista Luiz Fernando Pacheco, analista da T&F Consultoria Agroeconômica, outros fatores também colaboraram para esta alta. 

“Também a demanda extra-China avançou para a soja brasileira nesta semana. Com isto, os prêmios nos portos brasileiros ficaram entre 3 e 5 cents/bushel mais firmes. Aliados a isto, o dólar subiu 0,08% nesta quarta-feira e Chicago avançou 0,45%, finalmente ultrapassando a linha psicológica de $ 9,00/bushel (maio fechou a $901), fazendo com que os preços médios nos portos avançaram 0,95%, para R$ 77,82/saca”, escreveu em seu boletim informativo diário. 

Pacheco informou que, no interior, o avanço foi menor, de 0,37%, para R$ 72,49/saca, porque a demanda do farelo, que chegou a estar forte há duas semanas, esfriou um pouco. O avanço dos preços de exportação permitiu voltar ao terreno positivo o ganho mensal de março, para 0,59% sobre rodas nos portos, já o ganho mensal no interior ficou em apenas 0,04% nos poucos dias úteis de março. 

“Como mostramos acima, há uma linha de resistência nos preços dos portos ao redor de R$ 78,85 e de R$ 73,90 no interior que não é ultrapassada há mais de mês, fruto do quadro de Oferta & Demanda descrito no boletim de ontem. Com 5,43 milhões de hectares plantados de soja, o Paraná é o terceiro maior produtor nacional, atrás do MT (9,69 Mha) e do RS (5,78Mha)”, concluiu o especialista. 


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink