Soja em alta nos EUA com possível nova compra da China
CME MILHO (DEZ/20) US$ 4,200 (0,72%)
| Dólar (compra) R$ 5,63 (0,59%)


ANÁLISE AGROLINK

Soja em alta nos EUA com possível nova compra da China

Importações de produtos agrícolas aumentariam 35%
Por: -Leonardo Gottems
550 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na quarta-feira (23.05) uma alta de 8,75 centavos de Dólar no contrato de Julho/18, fechando em US$ 10,3925 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 8,75 e 9,75 pontos.

O mercado norte-americano da soja segue acumulando ganhos nos principais contratos futuros. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, o foco do mercado desta quarta foi a possibilidade de a China colocar ordens de compra de soja americana num volume significativo: “Fato que ainda não teve nada de concreto, apenas rumores (fala-se que as importações de produtos agrícolas aumentariam 35%”. 

De acordo com a Consultoria AgResource, a especulação continua atenta a qualquer novo rumor sobre o progresso dos acordos comerciais entre os EUA e China: “Nesta última madrugada, aqui nos bastidores do Mercado, foi escutado de que a China estaria com o interesse em adicionar compras em montante de soja expressivo de origem estadunidense, dentro das próximas sem­anas. Assim como oficialmente pronunciado por Trump, haveria um acordo sendo talhado que incentivaria as vendas de produtos agrícolas norte-americanos”. 

“Tal especulação de compras chinesas da soja poderia ser proveniente deste ‘tratado’. O Mercado es­pera que uma nova demanda esteja sendo direcionada para os Estados Unidos. No entanto, ainda não há nenhum fator concreto que possa afir­mar tal sentimento. Na análise grafista da soja-julho, as cotações acham suporte acima da média móvel dos últimos 50 dias, definida em US$10,38/bushel. O recente movimento de alta coloca a inclinação das principais médias móveis (100 e 200 dias) para cima”, concluem os analistas da ARC. 

Anúncios que podem lhe interessar


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink