Soja em baixa com números do USDA

ANÁLISE AGROLINK

Soja em baixa com números do USDA

Relatório de Oferta e Demanda Mundial veio sem nenhuma grande novidade ao mercado
Por: -Leonardo Gottems
334 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (08.03) baixa de 6,75 pontos no contrato de Maio/19, fechando em US$ 8,9575 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 6,75 e 7,00 pontos.

Os principais contratos futuros fecharam a semana com perdas no mercado norte-americano da soja, com números do USDA considerados inicialmente negativos. “O USDA informou uma venda privada de exportação de 664.000 toneladas de soja para a China para entrega em 18/19. A China subiu as importações de soja projetadas para o ano inteiro, para 85 MT, de 83,65 MT, citando as menores importações de canola. O USDA está em 88 MT”, ressalta o analista da T&F Consultoria Agroeconômica, Luiz Fernando Pacheco.

De acordo com a AgResource, o relatório de Oferta e Demanda Mundial do USDA veio sem nenhuma grande novidade colocada ao mercado: “Os estoques mundiais do milho caíram apenas 1 MT, para um total de 308,5 MT, enquanto que no trigo foram elevados em 3 MT, para 270,5 MT, e a soja sofreu o leve aumento de 0,4 MT, para 107,2 MT. Os números estão em linha com as expectativas dos operadores aqui em Chicago”. 

“O direcionamento dos preços, ainda atrelado às resoluções políticas entre EUA e China, agora ganha um novo componente: nova safra no Hemisfério Norte. Até então, o cenário é de um inverno persistente sobre o Cinturão Agrícola, que poderá trazer algum problema pontual, uma vez que o derretimento do gelo é essencial em antecedência, permitindo um plantio do milho dentro da janela ideal: entre abril e meados de maio”, conclui a ARC Mercosul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink