Soja fecha estável após relatório do USDA

ANÁLISE AGROLINK

Soja fecha estável após relatório do USDA

As péssimas condições de plantio também prejudicam a formação de um teto produtivo
Por: -Leonardo Gottems
120 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na terça-feira (11.06) alta de 0,75 ponto no contrato de Julho/19, fechando em US$ 8,5925 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com valorizações entre 0,75 e 1,25 ponto.

Os principais contratos futuros tiveram leves ganhos no mercado norte-americano de soja, após a publicação do relatório mensal do Departamento de Agricultura dos Estados Unidos. “O USDA confirmou a deterioração no cenário produtivo dos EUA. Neste sentido, ajustou a estimativa da colheita de soja”, aponta o analista Luiz Fernando Pacheco, da T&F Consultoria Agroeconômica. 

De acordo com a ARC Mercosul, os novos números de Oferta e Demanda do USDA foram os principais direcionadores de preços: “Os cortes de produção de milho da safra estadunidense 19/20 foram o centro das atenções, com uma redução de 1,21 milhão de hectares, agora projetada em 36,35 miHa. Além do mais, as péssimas condições de plantio também prejudicam a formação de um teto produtivo, já com os números de rendimento sendo reajustados em -5,67%, que contabilizam em um corte total de 34 milhões de toneladas em relação aos números do USDA de maio”. 

“O total de produção estimada ficou na casa das 347,5 MT. Em linhas gerais, o relatório trouxe uma tendência muito positiva para as cotações do milho aqui em Chicago. Esta altas deverão refletir novos ganhos do mercado doméstico brasileiro no curto-prazo. Para a soja, a situação ainda é preocupante, porém ainda há tempo hábil para o plantio nestes próximos 10-15 dias”, concluem os analistas da ARC Mercosul.


Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink