ANÁLISE AGROLINK

Soja fecha semana em queda nos EUA

Pressionada pelo bom rendimento observado na colheita brasileira
Por: -Leonardo Gottems
95 acessos

O preço da soja na Bolsa de Cereais de Chicago registrou na sexta-feira (02.02) baixa de 6,25 centavos de Dólar no contrato de Março/18 (referência para o Brasil), fechando em US$ 9,7875 por bushel. Os demais vencimentos em destaque da commodity na CBOT também fecharam a sessão com desvalorizações entre 5,75 e 6,25 pontos.

O mercado norte-americano da soja fechou a semana com mais perdas nos principais contratos futuros, pressionado pelos bons números de rendimento observados na colheita brasileira. De acordo com a T&F Consultoria Agroeconômica, houve ainda um “afrouxamento das preocupações com a redução da safra de soja na Argentina”.

Segundo a Consultoria AgResource, o Mercado se manteve focado na possibilidade das chuvas sobre a Argentina em meados de fevereiro: “Ainda não há nenhuma previsão conclusiva de que tais precipitações serão presentes de fato. Porém, os operadores da CBOT estão discutindo sobre as chances de recuperação da soja que sofre com a seca, no Centro e Leste da Argentina, se as previsões forem confirmadas. Nestes últimos 3 dias, os fundos especulativos voltaram a adicionar posições vendidas nos contratos de soja, pressionando os preços aqui em Chicago”. 

“As variações climáticas na América do Sul continuam sendo uma forte influenciadora na direção do Mercado. A safra na grande maioria do Brasil ainda não está garantida, apesar de um bom percentual da soja já em estágios de maturação. Na Argentina, com um plantio mais tardio, a oleaginosa ainda possui 3-5 semanas de período crítico de desenvolvimento. As confirmações de tais chuvas na Argentina e no Sul do Brasil irá colocar mais pressão aos preços, enquanto que se não confirmadas, o Mercado volta a reagir positivamente”, completa a ARC.

Atenção: Para comentar esse conteúdo é necessário ser cadastrado, faça seu cadastro gratuíto.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink