Soja precoce com cotação excelente no MS


Agronegócio

Soja precoce com cotação excelente no MS

Por:
3 acessos

Começou colheita na região de Dourados e produtores estão conseguindo pegar bom preço.

O produtor de soja na região de Dourados que investiu parte da sua safra em variedades mais precoces está conseguindo bons preços junto às cerealistas. Eles já fizeram essa primeira colheita e entregaram o produto na quarta-feira passada a R$ 39,50 a saca, praticamente o mesmo valor oferecido para a soja disponível da safra passada (R$ 40), levando-se em conta a base Dourados.

O pico da colheita deste grão ocorre em março e abril, mas muitos agricultores investem na soja superprecoce que alcança boa produtividade e ainda permite o plantio do milho de inverno em seguida, evitando riscos climáticos na safrinha.

Um produtor da região da Picadinha informou que plantou 50 hectares desta variedade e somente não terminou de colher, porque tem chovido muito nos últimos dias na região. Mas a soja retirada já foi entregue para uma cerealista a R$ 39,50, valor considerado muito bom, diante da proximidade da entrada da nova safra no mercado.

As lavouras de soja no sul do Estado estão em condições consideradas ideais pela assistência técnica porque as chuvas têm sido generosas nos últimos dias, sendo intercaladas por períodos de sol. As plantas estão na fase de formação e maturação de grãos – dependendo da época do plantio. Na região de Dourados, foram plantados 502 mil hectares na safra 2002/2003.

Em Chapadão do Sul

Poucos produtores, e mesmo assim em pequenas áreas, iniciaram a colheita da safra da soja em Chapadão do Sul e região. A soja precoce foi plantada em reduzidíssimas áreas. Até agora, menos de 1% está em regime de colheita.

O município, segundo dados do IBGE, planta na atual safra 75 mil hectares de soja.

Os preços estão dentro da expectativa. Negócios fechados há duas semanas para entrega nesta semana registram preços de R$ 37,00 (lote de 2.000 sacas) e R$ 38,00 (lote de 1.250 sacas).

Empresas compradoras do produto em Chapadão do Sul consideram o preço normal em torno de R$ 37,00 para a soja disponível, podendo alcançar, no máximo, R$ 38,00 a saca de 60 kg.

A diferença de preço em relação a região de Dourados se justificaria por conta do frete da fazenda até o Porto de Paranaguá calculado a maior no nordeste do Estado.


Atenção: Para comentar nesta página é necessário realizar o seu cadastro gratuíto ou entrar.
  • Clicar no botão Entrar caso já possua cadastro no Agrolink
  • Se não tiver cadastro ainda em nosso site Cadastre-se gratuitamente e terá acesso a conteúdos exclusivos
  • Clique aqui todas as vantagens de fazer seu cadastro no Agrolink